sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Jesus: a Essência do Natal


Isaías 9:6-7

6 “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.
7 Do aumento do seu governo e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o estabelecer e o fortificar em retidão e em justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor dos exércitos fará isso.”

Jesus é a promessa de Deus para o homem de que ele não precisa viver separado dEle. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. João 3:16
Quando o pecado entrou no mundo, e como consequência, houve separação entre o homem e o seu Criador, o próprio Deus providenciou o “remédio” para a humanidade: Jesus Cristo. Ele é o único que pode nos levar a verdadeira comunhão com o Pai, porque o Seu sangue, derramado na cruz do calvário, cobre a multidão de pecados e justifica diante dEle todos quanto O receberem.
“Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. (...) Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do SENHOR prosperará na sua mão. Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si.” Isaías 53:4,5,10,11
Jesus foi, portanto, o presente que Deus nos enviou, por causa do Seu profundo amor pela humanidade.
Infelizmente, hoje há uma distorção de valores. Papai Noel e os presentes substituíram a essência da comemoração: o nascimento do Salvador. “Eu, o SENHOR, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, e para luz dos gentios. Para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas.” Isaías 42:6,7
A Bíblia não traz a data específica do nascimento de Jesus. Celebremos, pois, não somente no dia 25, mas todos os dias. Podemos celebrar o Seu nascimento a partir do momento que permitimos que Ele nasça em nossos corações. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que enviou o Seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” João 3:16

FELIZ NATAL!!!

sábado, 4 de dezembro de 2010

Jerusalem Cidade de Luz



Eu vou morar lá.
E você?

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Diante do Trono - Esperança - Palavra de esperança (Espont.)



Paz, amados
Eu não me recordo se já postei essa mensagem antes, mas ela mexeu tanto comigo agora, que resolvi postar aqui, sem ao menos pesquisar se já coloquei ou não... rs!
Precisamos acender a esperança dentro de nós, porque todas as promessas do Senhor para nós se cumprirão no Seu tempo. É muito difícil, doloroso... Às vezes pensamos que não vamos conseguir esperar... Dói tanto esperar! "Pai, está tão seco, eu acho que não vou conseguir". Parece que as palavras de Ana Paula gritam dentro de mim, porque esperar por aquilo que não se pode ver é loucura para os homens. Quem é que espera algo mesmo que tudo pareça contrário? Temos que ter uma fé inabalável, a fé que Deus procura em nós. E quando conseguirmos esperar com paciência nEle, e soubermos louvar o Seu nome nesse momento de espera, os céus se abrirão para nós e a tão sonhada bênção nos será trazida em uma bandeja de ouro.
Há esperança! Há esperança! Há esperança!
Mesmo que tudo pareça errado ou louco... Deus gosta de realizar "loucuras" pelos Seus filhos, e o nome dEle é sempre glorificado quando algo impossível acontece. Deus não se esqueceu de nós! "Os sonhos de Deus jamais se frustrarão". Creia nessa palavra, pois é isso que preciso dizer a mim mesma nos momentos de choro.
Abç!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Terra boa para plantar?

Olá, amados
Recebi um email de um casal muito querido, que são servos do Senhor em outro país. A mensagem deles me edificou tremendamente, e queria compartilhar parte dela com vocês.
Bjs!

"Olá queridos e amados em Cristo, a Paz!

Terra boa pra se plantar???
O que é uma terra boa pra se plantar? Se perguntássemos para um agricultor, com certeza ele nos diria precisamente qual seria o melhor terreno. E o que seria uma terra boa pra plantar no mundo espiritual?
Este mês tive um sonho muito interessante sonhei que eu e meu esposo estávamos em um lugar onde o solo era duro mas mesmo assim continuávamos cavando, muitas pessoas passavam e diziam para pararmos de cavar, pois nós não iriamos encontrar nada ali. Mesmo assim nós não desistíamos, mas insistíamos na busca... Num dado momento, enquanto cavávamos, começaram a surgir peixes e depois de um tempo eram centenas e milhares. [ALELUIA!!!!!!!!!]
Você, pode estar pensando: "que sonho maluco, encontrar peixes em uma terra seca e não em um lago de aguas cristalinas?" Creio que esta é a promessa Deus pra nós:

Não desista !!!

Quantas vezes nos deparamos com os mais diversos tipos de solo na vida e começar o trabalho é duro, cavar é um trabalho pesado, mas quando encontramos o que procuramos a satisfação é imensa, comparada a um garimpeiro quando encontra um tesouro.
Assim acontece muitas vezes na nossa vida e também com a gente aqui nesse país a terra é seca e o caminho é arduo.
Passamos por situaçoes dificies, encontramos corações duros, mas encontramos também terra boa pra plantar. Não sabemos qual é essa terra e não dá pra medir pela aparência ou pela circunstância da terra, mas não devemos desistir de cavar e há ricos tesouros para serem encontrados.
Bem, essa é a nossa situação e pra vocês como tem sido? Acredito que não tem sido diferente mas não podemos desistir, mas continuar a cavar aonde o Senhor nos envia a cavarmos, por mais dura que seja essa peleja, pois não é nossa e sim do Senhor dos exércitos que vai a nossa frente."

sábado, 27 de novembro de 2010

Caixinha da Esperança



A paz do Senhor Jesus abunde os vossos corações, amados

Depois de mais uma daquelas sumidas que vocês já conhecem (rs), queria trazer algo hoje pra vocês. No exercício da minha profissão, como psicóloga clínica, técnica e conhecimento científico são fundamentais (óbvio!!!), mas ao longo da minha experiência (sou jovem, viu?) percebi que isso é insuficiente, e tenho me aberto para usar de criatividade, das artes como filmes e músicas, sempre confiando no Espírito Santo, que me dá as direções para fazer a intervenção com responsabilidade. Uma amiga de profissão me falou sobre uma técnica utilizada por uma psicóloga muito conhecida nos EUA e resolvi adotá-la com alguns pacientes, mas adaptei-a para cada paciente particular. A Caixinha da Esperança, como ela me explicou, serve para que guardemos algo significativo que alimente nossa auto-estima. Ali é um espaço para usar da criatividade, cada um personalizando sua caixinha para que seja algo "seu". Enfim, tem sido muito bacana observar meus pacientes construindo essa caixinha e como a estão alimentando de mensagens de esperança, com o que está no coração de cada um.
Pensei em fazer uma pra mim também... rs... Se vocês pudessem construir uma caixinha pra vocês, o que colocariam ali? Lembranças de tempos felizes? Músicas que marcaram suas vidas? Frases que inspiram lutar por um objetivo? Na minha, provavelmente eu colocaria tudo o que o Senhor tem me dito, os Seus sonhos e planos pra minha vida, figuras, músicas, que tragam a minha memória o que me dá esperança, pois os tempos estão difíceis.

Um bj no coração de cada um!

domingo, 31 de outubro de 2010

A vida é uma oportunidade!


Olá, queridos


Aqui estou novamente... Rs... Em meio a lágrimas, ao som de uma das melodias mais lindas que já pude ouvir, e também refletindo sobre a vida... Especialmente a minha.

Hoje falava com Deus acerca disso. Eu estou passando por um momento de pausa, como vocês sabem, e tenho aprendido a ter paciência comigo, através dos meus problemas psicológicos. Acho que também tenho compreendido melhor o ser humano, e creio que nunca na minha vida amei tanto a minha profissão e reconheci o valor que ela tem.

A minha oração a Deus acerca do meu trabalho ultimamente tem sido: "Senhor, quero rotatividade, não permanência." Talvez sejam palavras tolas para vocês, mas elas têm sentido. Quero atender o máximo de pessoas que puder durante toda a minha pequena vida, e que elas possam seguir seus caminhos sem precisar olhar para trás. Não quero tê-los para sempre comigo, apesar de confessar que quando se cria vínculo, é impossível haver neutralidade. E com isso, digo que sinto falta deles quando preciso dar alta ou eles interrompem o tratamento por algum motivo. Faz parte da vida e estou aprendendo aos poucos como cuidar de alguém, sem ser afetada por seus problemas... Não devo ter alcançado nem 5% disso, mas vou continuar me esforçando.

Acho que todos nascem por um motivo. Deus não nos cria por acaso, para o nada! Se estou aqui hoje, é porque Ele tem algo para fazer através de mim e desejo isso com o mais profundo do meu ser. Arrependo-me de ter dito que não desejava mais viver, nos dias em que estava com meu coração na escuridão. Vejam, mesmo conhecendo o Senhor, quando estamos doentes, somos suscetíveis a pensamentos terríveis como esses...

Deus tem cuidado de mim, e eu também tenho tenho me permitido ser uma paciente. Sabem de uma coisa? Não é ruim! rs... Tenho me afastado um pouco dos estudos da psicologia, mas tenho me aproximado de coisas simples da vida, que não fazia há um bom tempo! Tenho caminhado na rua, brincado com bichinhos, observado o céu pelo dia, e as estrelas a noite, também assistido a muitos filmes, principalmente os infantis. Rs... Deixo para vocês uma frase do filme que lhes sugeri na postagem anterior.


"Sua vida é uma oportunidade. Aproveite!"

Sr. Magorium.


Deus seja sempre com vocês!

Um grande abraço!

sábado, 30 de outubro de 2010

A Loja Mágica de Brinquedos (Trailer)

Olá, queridos

Não postei pra vocês os últimos acontecimentos. Desculpem-me! Bem, o Senhor tem operado na minha vida grandemente e agora consigo realmente perceber a presença dEle caminhando comigo durante esse vale. O Senhor que ser nosso Amigo íntimo e nos levar a lugares* que nunca pensamos em ir! Esses lugares estão em nosso coração, e o Senhor, como nos conhece como ninguém, nos convida fazer essa viagem com Ele, e ao mesmo tempo que passamos a nos conhecer e tbm a Ele, Ele trabalha em nós de um modo único: como o Psicólogo dos psicólogos!

Sugiro a vocês esse filme: A loja mágica de brinquedos. Já o assisti algumas vezes e sempre que vejo, algo novo surge em meu coração.

Bjs!

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Dia 01


A paz do Senhor Jesus inunde os vossos corações!

Afastei-me mais uma vez, por alguns (longos) dias e exatamente agora senti uma vontade imensa de escrever, como se as palavras jorrassem do meu interior.

Estou doente. Não! Não é nada físico, não precisam se preocupar quanto a isso. O problema é com a minha alma. A minha alma está doente há muito, muito tempo, e me neguei a perceber os sintomas que ela estava me dando, de que algo não estava funcionando muito bem.

Sabe quando a gente se agarra a algo tão forte porque sente se soltar tudo desmorona? Bem, acho que me agarrei a minha vida, todas as áreas dela, como se eu detivesse todo o controle. E fui vivendo, vivendo... Claro que com a graça de Deus, não posso negar isso... No entanto, cheguei a um estágio que parece um ponto final pra mim. [Essa sensação é horrível!!] Na verdade não é um ponto final... Talvez reticências ou um ponto parágrafo... Eh! Acho que está mais para um ponto parágrafo, no qual outro parágrafo na minha vida se inicia. Se eu quiser traduzir isso para uma linguagem mais poética ou musical, como me disse certa vez o meu pastor (filho do meu pastor presidente), às vezes nós nos deparamos com uma "pausa"... Toda música precisa de uma pausa... A pauta não é feita só de notinhas, "tracinhos", e outros símbolos musicais. A pausa também traz beleza à música.

É muito estranho pra mim, sinceramente, estar me deparando com essa "pausa" ou ponto "sei-lá-o-que" na minha vida. E na verdade, além de estranho, é doloroso também. Tenho me percebido encostada na varanda da minha casa, só a observar as pessoas passando, os cachorros correndo, o vendo balançando as árvores... Cada um vivendo a sua vida. Mas, qual é mesmo o sentido dela?

Ontem tive uma conversa muito séria com o Senhor. Não! Não me imaginem como uma tirana brigando com o seu Deus. Não foi assim que a cena se passou. Eu apenas... Queria conversar com Ele... Desabafar... Rasgar o meu coração e dizer tudo o que estava sentindo, mesmo que Ele talvez não concordasse.

Bem, eu gostaria de dizer aqui que Ele apareceu no meu quarto e me disse umas verdades, ou me deu alguns tapinhas de Pai, ou mesmo que disse que me entende e me ama, mas isso não aconteceu. Eram só as minhas palavras, as minhas lágrimas e o barulho do meu ventilador de teto. Nada mais. Será que nada mais? Será que Ele não estava ali a me ouvir? É possível que sim, pois a palavra diz que o Senhor se inclina para nos ouvir falar. Mas como isso é possível se eu não senti nada??? Talvez o Senhor tenha dito muitas coisas a mim, mas eu estava tão agoniada em meu discurso melancólico que é possível não ter percebido a suavidade de Sua doce voz.

Estou na pausa, sem entender nada, com muita dor e confusa. Mas não estou sozinha. Não estou sozinha!

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Quem Mexeu No Meu Queijo (Parte 2)

Quem Mexeu No Meu Queijo (Parte 1)

A paz do Senhor Jesus seja com todos

Assisti a esse vídeo (Parte 1 e 2) e percebi o quanto é difícil aceitarmos a mudança em nossas vidas. Nós nos habituamos a viver como estamos no momento e resistimos mudar, quando isso se faz necessário. Desde que o Senhor nos trouxe para a Luz, para o conhecimento da Sua palavra, crescemos de glória em glória e com isso, mudanças nos são imprescindíveis! Tendemos a reclamar de tudo e esse vídeo ilustra isso muito bem. Reclamar, murmurar, etc, não nos leva ao objetivo maior. Diante dos problemas, temos o costume de gritar "Quem mexeu no meu queeeeijo" e isso muitas vezes não adianta. Deus quer que confiemos nEle, de que nos dará as orientações necessárias para chegarmos onde precisamos chegar. Isso sim, nos leva a resolver o problema verdadeiramente... Meditem um pouco, pois o vídeo é bem interessante!

Bjs!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Uma nova reforma - Por Pr. Gustavo Bessa

Paz, amados

O pastor Gustavo Bessa postou uma mensagem bem interessante no blog de sua esposa, Ana Paula Valadão. Dêem uma olhada, pois vale a pena.

"Por uma nova Reforma!
Agosto 23, 2010

Nós estamos precisando de uma nova Reforma! Na época da primeira Reforma, a igreja estava vendendo terrenos nos Céus; nos dias de hoje, a igreja está vendendo terrenos na Terra. Naquele tempo, as pessoas ansiavam pelos tesouros dos Céus; hoje, as pessoas anseiam pelos tesouros da terra. No passado, a igreja institucional usava a Bíblia para enganar os fiéis; no presente, muitas instituições também usam a Bíblia para enganar os cristãos. Mudaram as épocas, os nomes das pessoas, as propostas, as regiões geográficas, mas a ganância, a vaidade, a ambição e as estratégias continuam sendo as mesmas.

Precisamos de uma nova Reforma não, primeiramente, nas instituições, mas, sobretudo em nossos próprios corações. A Bíblia precisa ser redescoberta, não nos púlpitos e nas plataformas, mas nos nossos quartos e momentos mais íntimos. Se naquela época, as pessoas eram enganadas porque tinham os olhos nos Céus, hoje, as pessoas são enganadas porque têm os olhos na Terra; se no passado, os cristãos eram iludidos porque não tinham a Bíblia em suas mãos, hoje, eles são iludidos mesmo tendo uma, duas, três ou mais Bíblias em casa. O problema não é a falta das Escrituras, mas, sim, a falta de leitura e meditação na Palavra de Deus. Os cristãos se tornaram acomodados e preguiçosos!

Nos dias de hoje, poucas são as pessoas que não se deixam levar pela preguiça intelectual; e muitos são os que preguiçosamente se assentam para ouvir a música ou a pregação de um outro. Muitos são os que só se alimentam daquilo que é regurgitado por outros; e poucos são os que, diante do Senhor, cavam as suas próprias cisternas a fim de beberem das águas mais límpidas. Muitos, sem o saber, já estão doentes, pois são muitos os que não mais têm fome e nem sede. Alimentam-se através de uma sonda, quando alguém lhes injeta algum tipo de alimento na alma.

Os sermões, as pregações e a adoração congregacional são fundamentais; mas eles jamais substituem o firme fundamento que é construído no trabalho solitário da leitura e meditação diária nas Escrituras, quando a pessoa pode se encontrar e relacionar-se intimamente com a Palavra que se fez carne, Jesus, o Pão do Céu, o desejado da nossa alma. A recomendação que Paulo deu a Timóteo é a mesma que ecoa pelas paredes dos séculos e reverbera nos nossos ouvidos: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” (2Timóteo 2.15 – RA).

Voltemos à Palavra e ao Testemunho!

Gustavo Bessa"

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Deus escolhe cônjuge para Seus filhos?

A paz do Senhor, amados

Ontem estava a meditar na palavra do Senhor em Genesis 24, para entender um pouco mais sobre a vontade de Deus a respeito de relacionamentos. A medida que lerem o capítulo, farei minhas colocações. Espero que edifique a vocês.


Gênesis 24

1 E era Abraão já velho e adiantado em idade, e o SENHOR havia abençoado a Abraão em tudo.


[Deus havia abençoado Abraão em todas as coisas: relacionamento, negócios, paternidade, etc. E sabia que o Deus dEle, não iria desapontar seu filho, caso este buscasse a vontade de Deus, e vivesse segundo Seus propósitos.]

2 E disse Abraão ao seu servo, o mais velho da casa, que tinha o governo sobre tudo o que possuía: Põe agora a tua mão debaixo da minha coxa,
3 Para que eu te faça jurar pelo SENHOR Deus dos céus e Deus da terra, que não tomarás para meu filho mulher das filhas dos cananeus, no meio dos quais eu habito.
4 Mas que irás à minha terra e à minha parentela, e dali tomarás mulher para meu filho Isaque.
5 E disse-lhe o servo: Se porventura não quiser seguir-me a mulher a esta terra, farei, pois, tornar o teu filho à terra donde saíste?
6 E Abraão lhe disse: Guarda-te, que não faças lá tornar o meu filho.
7 O SENHOR Deus dos céus, que me tomou da casa de meu pai e da terra da minha parentela, e que me falou, e que me jurou, dizendo: Å tua descendência darei esta terra ; ele enviará o seu anjo adiante da tua face, para que tomes mulher de lá para meu filho.
8 Se a mulher, porém, não quiser seguir-te , serás livre deste meu juramento; somente não faças lá tornar a meu filho.

[Abraão cria nas promessas de Deus e não tinha dúvidas que seu filho teria uma esposa, pois a promessa do Senhor sobre sua descendência ser numerosa era algo forte em seu coração. Ele ele diz “Bem, aquele que me abençoou e me prometeu, me guiou até aqui, irá diante de você e te mostrará a mulher." Deus pode indicar, mostrar, guiar a escolha... Mas temos o livre arbítrio para escolher se queremos ou não.]

9 Entäo pós o servo a sua mão debaixo da coxa de Abraão seu senhor, e jurou-lhe sobre este negócio.
10 E o servo tomou dez camelos, dos camelos do seu senhor, e partiu, pois que todos os bens de seu senhor estavam em sua mão, e levantou-se e partiu para Mesopotámia, para a cidade de Naor.
11 E fez ajoelhar os camelos fora da cidade, junto a um poço de água, pela tarde, ao tempo que as moças saíam a tirar água.
12 E disse:
O SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, dá-me hoje bom encontro, e faze beneficência ao meu senhor Abraão!

[“A oração do justo pode muito em seus efeitos.” Tiago 5:16. O servo de Abraão conhecia o Deus dele, e sabendo da responsabilidade da tarefa que lhe foi confiada, orou ao Senhor, demonstrando que ele não podia fazer nada sozinho, e que Deus era poderoso para fazer conforme o pedido do Seu servo ]

13 Eis que eu estou em pé junto à fonte de água e as filhas dos homens desta cidade saem para tirar água;
14 Seja, pois, que a donzela, a quem eu disser: Abaixa agora o seu cántaro para que eu beba; e ela disser: Bebe, e também darei de beber aos teus camelos; esta seja a quem designaste ao teu servo Isaque, e que eu conheça nisso que usaste de benevolência com meu senhor.
15 E sucedeu que, antes que ele acabasse de falar, eis que Rebeca, que havia nascido a Betuel, filho de Milca, mulher de Naor, irmäo de Abraão, saía com o seu cántaro sobre o seu ombro.
16 E a donzela era mui formosa à vista, virgem, a quem homem não havia conhecido; e desceu à fonte, e encheu o seu cántaro e subiu.
17 Entäo o servo correu-lhe ao encontro, e disse: Peço-te, deixa-me beber um pouco de água do teu cántaro.
18 E ela disse: Bebe, meu senhor. E apressou-se e abaixou o seu cántaro sobre a sua mão e deu-lhe de beber.
19 E, acabando ela de lhe dar de beber, disse:
Tirarei também água para os teus camelos, até que acabem de beber.

[Aqui percebemos que Rebeca era uma mulher solícita, com um coração de serva. Já imaginou o que é dar de beber a um camelo? Cada camelo bebe cerca de 120 litros de água. E ela deu de beber a todos eles, ao todo 10 camelos. A tarefa foi árdua e longa para ela, que dispunha de somente um cântaro, que comporta cerca de 10 litros. Bem, será que essa mulher não era virtuosa?]

20 E apressou-se, e despejou o seu cántaro no bebedouro, e correu outra vez ao poço para tirar água, e tirou para todos os seus camelos.
21 E o homem estava admirado de vê-la, calando-se,
para saber se o SENHOR havia prosperado a sua jornada ou não.

[O servo de Abraão aqui, já havia entendido que Deus tinha feito Sua escolha, pois a prova que tinha colocado diante dEle, já havia sido respondida. No entanto, o livre arbítrio sempre conta, pois Deus não nos força Sua vontade. O servo então queria de fato saber se a moça aceitaria ser a esposa de Isaque.]

22 E aconteceu que, acabando os camelos de beber, tomou o homem um pendente de ouro de meio siclo de peso, e duas pulseiras para as suas mäos, do peso de dez siclos de ouro;
23 E disse: De quem és filha? Faze-mo saber, peço-te. Há também em casa de teu pai lugar para nós pousarmos?
24 E ela lhe disse: Eu sou a filha de Betuel, filho de Milca, o qual ela deu a Naor.
25 Disse-lhe mais: Também temos palha e muito pasto, e lugar para passar a noite.
26 Entäo inclinou-se aquele homem e adorou ao SENHOR,
27 E disse: Bendito seja o SENHOR Deus de meu senhor Abraão, que não retirou a sua benevolência e a sua verdade de meu senhor; quanto a mim, o SENHOR me guiou no caminho à casa dos irmäos de meu senhor.
28 E a donzela correu, e fez saber estas coisas na casa de sua mäe.
29 E Rebeca tinha um irmäo cujo nome era Labäo, o qual correu ao encontro daquele homem até a fonte.
30 E aconteceu que, quando ele viu o pendente, e as pulseiras sobre as mäos de sua irmä, e quando ouviu as palavras de sua irmä Rebeca, que dizia: Assim me falou aquele homem; foi ter com o homem, que estava em pé junto aos camelos, à fonte,
31 E disse: Entra, bendito do SENHOR; por que estás fora? pois eu já preparei a casa, e o lugar para os camelos.
32 Entäo veio aquele homem à casa, e desataram os camelos, e deram palha e pasto aos camelos, e água para lavar os pés dele, e os pés dos homens que estavam com ele.
33 Depois puseram comida diante dele. Ele, porém, disse: Näo comerei, até que tenha dito as minhas palavras. E ele disse: Fala.
34 Entäo disse: Eu sou o servo de Abraão.
35
E o SENHOR abençoou muito o meu senhor, de maneira que foi engrandecido, e deu-lhe ovelhas e vacas, e prata e ouro, e servos e servas, e camelos e jumentos.
36 E Sara, a mulher do meu senhor, deu à luz um filho a meu senhor depois da sua velhice, e ele deu-lhe tudo quanto tem.

[Bem, não sei ao certo qual havia sido a intenção do servo de Abraão ao dizer a eles sobre as posses dele. Creio que dizendo isso, talvez a família pensasse: “Poxa, é um homem de posses” e isso facilitaria a permissão para o casamento. No entanto, não entendo aqui que Deus tem que nos mandar uma pessoa rica, mas ao meu ver, Deus sempre nos manda o Seu melhor. E no contexto de hoje, o melhor não é necessariamente bênção material, mas ESPIRITUAL. A pessoa que o Senhor escolher para nós terá virtudes espirituais. Sendo uma mulher, será virtuosa, sendo um homem, um varão valoroso. O que é melhor para mim, Deus é que sabe, pois conhece minha personalidade e sabe que a minha escolha pode me levar a ruínas, pois em Jr 17:9, a palavra diz “Enganoso é o coração, mais que todas as coisas”.Simplesmente porque quando nos envolvemos emocionalmente ficamos “cegos” para o que seria necessário perceber, e isso, de fato, é muito perigoso. Deus, portanto, não tem essa “deficiência”, pois é sobremodo sábio e Onisciente.]

37 E meu senhor me fez jurar, dizendo: Não tomarás mulher para meu filho das filhas dos cananeus, em cuja terra habito;
38 Irás, porém, à casa de meu pai, e à minha família, e tomarás mulher para meu filho.
39 Entäo disse eu ao meu senhor: Porventura não me seguirá a mulher.
40 E ele me disse: O SENHOR, em cuja presença tenho andado, enviará o seu anjo contigo, e prosperará o teu caminho, para que tomes mulher para meu filho da minha família e da casa de meu pai;
41 Entäo serás livre do meu juramento, quando fores à minha família; e se não te derem, livre serás do meu juramento.
42 E hoje cheguei à fonte, e disse: O SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, se tu agora prosperas o meu caminho, no qual eu ando,
43 Eis que estou junto à fonte de água; seja, pois, que a donzela que sair para tirar água e à qual eu disser: Peço-te, dá-me um pouco de água do teu cántaro;
44 E ela me disser: Bebe tu e também tirarei água para os teus camelos; esta seja a mulher que o SENHOR designou ao filho de meu senhor.
45 E antes que eu acabasse de falar no meu coraçäo, eis que Rebeca saía com o seu cántaro sobre o seu ombro, desceu à fonte e tirou água; e eu lhe disse: Peço-te, dá-me de beber.
46 E ela se apressou, e abaixou o seu cántaro de sobre si, e disse: Bebe, e também darei de beber aos teus camelos; e bebi, e ela deu também de beber aos camelos.
47 Entäo lhe perguntei, e disse: De quem és filha? E ela disse: Filha de Betuel, filho de Naor, que lhe deu Milca. Entäo eu pus o pendente no seu rosto, e as pulseiras sobre as suas mäos;
48 E inclinando-me adorei ao SENHOR, e bendisse ao SENHOR, Deus do meu senhor Abraão, que me havia encaminhado pelo caminho da verdade, para tomar a filha do irmäo de meu senhor para seu filho.
49 Agora, pois, se vós haveis de fazer benevolência e verdade a meu senhor, fazei-mo saber; e se não, também mo fazei saber, para que eu vá à direita, ou à esquerda.
50 Entäo responderam Labäo e Betuel, e disseram: Do SENHOR procedeu este negócio; não podemos falar-te mal ou bem.
51 Eis que Rebeca está diante da tua face; toma-a, e vai-te; seja a mulher do filho de teu senhor, como tem dito o SENHOR.
52 E aconteceu que, o servo de Abraão, ouvindo as suas palavras, inclinou-se à terra diante do SENHOR.
53 E tirou o servo joias de prata e joias de ouro, e vestidos, e deu-os a Rebeca; também deu coisas preciosas a seu irmäo e à sua mäe.
54 Entäo comeram e beberam, ele e os homens que com ele estavam, e passaram a noite. E levantaram-se pela manhä, e disse: Deixai-me ir a meu senhor.
55 Entäo disseram seu irmäo e sua mäe: Fique a donzela conosco alguns dias, ou pelo menos dez dias, depois irá.
56 Ele, porém, lhes disse: Näo me detenhais, pois o SENHOR tem prosperado o meu caminho; deixai-me partir, para que eu volte a meu senhor.
57 E disseram: Chamemos a donzela, e perguntemos-lho.
58 E chamaram a Rebeca, e disseram-lhe: Irás tu com este homem? Ela respondeu: Irei.
59 Entäo despediram a Rebeca, sua irmä, e sua ama, e o servo de Abraão, e seus homens.
60 E abençoaram a Rebeca, e disseram-lhe: O nossa irmä, sê tu a mäe de milhares de milhares, e que a tua descendência possua a porta de seus aborrecedores!
61 E Rebeca se levantou com as suas moças, e subiram sobre os camelos, e seguiram o homem; e tomou aquele servo a Rebeca, e partiu.
62 Ora, Isaque vinha de onde se vem do poço de Beer-Laai-Rói; porque habitava na terra do sul.
63
E Isaque saíra a orar no campo , à tarde; e levantou os seus olhos, e olhou, e eis que os camelos vinham.

[Isaque também era alguém de Deus. Um homem que aprendeu a esperar no Senhor, através do exemplo de vida do seu pai Abraão. Ele meditava, orava.... Era, assim, um homem espiritual.]

64 Rebeca também levantou seus olhos, e viu a Isaque, e desceu do camelo.
65 E disse ao servo: Quem é aquele homem que vem pelo campo ao nosso encontro? E o servo disse: Este é meu senhor. Entäo tomou ela o véu e cobriu-se.
66 E o servo contou a Isaque todas as coisas que fizera.
67 E Isaque trouxe-a para a tenda de sua mäe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher, e amou-a. Assim Isaque foi consolado depois da morte de sua mäe.


Bem, queridos


Entendo aqui que Deus continua escolhendo casamento para os Seus filhos, pois, se o fez para Isaque, pode fazer também para nós. Deus é imutável! É o mesmo ontem, hoje, e sempre será o mesmo. Agora, não precisa necessariamente ser como aconteceu! Hoje não vivemos mais a época de ter servos que podem ir a uma terra buscando alguém. Não é isso! Isso era o contexto da época. Não creio exatamente em predestinação, no sentido de nascer fulaninho para ciclaninho, mas como Deus sabe todas as coisas, e conhece todo o futuro, Ele sabe o que é melhor para nós, e nos leva a Sua vontade, boa, perfeita e agradável! Não creio que somos “bons” o suficiente para fazer essa escolha, pois o coração do homem é muito enganoso e limitado. Mas, enfim... Cada pessoa tem sua experiência pessoal. Eu creio que Deus age conforme acreditamos, segundo o que cremos que Ele nos revelou. A palavra ressalta em alguns evangelhos Jesus dizendo: “Seja feito conforme a sua fé”. Gente, isso é precioso! Possa ser que no mundo natural algumas coisas não aconteçam porque não é o normal das coisas, mas se tivermos fé, coisas são mudadas. Deus não está sob o controle de absolutamente nada. Ele está acima das leis da física (abriu o mar vermelho), está acima da ciência (curou a muitas doenças incuráveis) e acima da morte (ressuscitou pessoas). Será que esse mesmo Deus, que fez coisas tão tremendas e impossíveis, não poderia nos fazer conhecer aquele que Ele escolheu pra nós? Não penso que Deus seja diferente dos nossos pais. Aliás, Ele é muito, muito melhor! E se os nossos pais gostam de nos orientar quanto a nossa escolha, que dirá o próprio Deus, o nosso Pai Celestial?


Reflitam sobre a palavra. Deus abençoe a todos!!!!!!

domingo, 15 de agosto de 2010

Lifehouse - Everthing - CLIPE TRADUZIDO!

Paz, queridos

Já postei esse vídeo antes, uma peça de teatro, que usava essa música. Hoje, procurando alguns vídeos no youtube, vi o videoclipe oficial e resolvi postar.

Saibam que mesmo que a luta seja muito grande e tudo tente te separar da presença de Jesus, nada poderá separá-los dEle. A palavra diz que nada pode nos separar do amor de Deus. Então, mesmo que esteja difícil voltar, não hesite! Volte agora, e Ele te dará a força que precisa.

Abraços!

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Aquele que não tem pecado...


Paz, amados!

Tenho acompanhado uma notícia que teve repercussão no mundo inteiro. Uma mulher iraniana, condenada à morte por lapidação (apedrejamento) por acusação de adultério e possível envolvimento no assassinato do marido. Ela está presa desde 2005, e recebeu 99 chibatadas em 2006, e ainda a condenação à morte. Há algumas semanas, alguns países têm criticado essa forma de execução, e o presidente Lula, inclusive, tentou interceder por sua vida. Pedido recusado, ela pode ser morta a qualquer hora.
Enfim, posso ter errado em alguma informação, então sugiro aos irmãos que pesquisem melhor sobre a história.
Quem se lembra do momento que o Senhor Jesus interviu na situação da mulher que seria apedrejada? Vamos dar uma olhada no texto? Em João 8:1-11 diz assim:

1 Jesus, entretanto, foi para o monte das Oliveiras.
2 De madrugada, voltou novamente para o templo, e todo o povo ia ter com ele; e, assentado, os ensinava.
3 Os escribas e fariseus trouxeram à sua presença uma mulher surpreendida em adultério e, fazendo-a ficar de pé no meio de todos,
4 disseram a Jesus: Mestre, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério.
5 E na lei nos mandou Moisés que tais mulheres sejam apedrejadas; tu, pois, que dizes?
6 Isto diziam eles tentando-o, para terem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia na terra com o dedo.
7 Como insistissem na pergunta, Jesus se levantou e lhes disse: Aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra.
8 E, tornando a inclinar-se, continuou a escrever no chão.
9 Mas, ouvindo eles esta resposta e acusados pela própria consciência, foram-se retirando um por um, a começar pelos mais velhos até aos últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava.
10 Erguendo-se Jesus e não vendo a ninguém mais além da mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
11 Respondeu ela: Ninguém, Senhor! Então, lhe disse Jesus: Nem eu tampouco te condeno; vai e não peques mais.

Jesus é soberano, queridos... Não só em justiça, mas em amor. Em nenhum momento Jesus disse que ela não deveria ser morta, pois ela realmente havia pecado e deveria morrer, segundo a lei. No entanto, se pensarmos assim, não só ela deveria, mas todos nós que pecamos. Todos nós somos réus de morte!!! Só que a grande questão é que o Senhor Jesus veio receber a nossa condenação, e trocar de lugar conosco. A justiça aconteceu, mas o amor prevaleceu, assim como Sua graça. Essa mulher não foi morta, porque o único que poderia matá-la (Jesus era o único que não havia pecado) lhe perdoou os pecados.

Por que estou trazendo essa situação hoje? Amados, eu não conheço essa mulher iraniana, tampouco sei se ela errou ou não. Não estou aqui para julgá-la. Sou tão podre, queridos... Quem sou eu para julgar alguém??? Mas existe algo que podemos fazer. Assim como a mulher diante de Jesus recebeu uma segunda chance, podemos nos achegar ao trono da graça e pedir ao Senhor que opere nesse caso, para que essa mulher possa ser livre da primeira e segunda morte - a morte física e espiritual.

Muitos têm tentado intervir no sentido de que ela não passe pela morte física. Ela tem dois filhos e não existem provas concretas de que ela é culpada no caso. Mas, pior ainda que a terrível morte por apedrejamento é a morte espiritual e a separação eterna de Deus, caso ela não tenha ainda aceito ao Senhor Jesus como seu único e suficiente Salvador.

Intercedamos, pois, para que a glória de Deus seja revelada nesse caso.

Abraços!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Confio em Teu amor // Diante do Trono 11

Querido leitor

Essa música mexeu muito comigo! Senti um toque especial do Senhor através dela... Após tê-la ouvido há algo tempo, só agora a ouvi novamente, e como ela tem uma mensagem profunda! Precisamos confiar no amor do Senhor, principalmente quando tudo parece caminhar mal, quando estamos numa tempestade, pois os caminhos do Senhor são mais altos do que os nossos. Aleluia! Confie nessa Palavra e seja abençoado, em nome de Jesus!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

11 perguntas feitas para o diabo


Paz, queridos

Recebi hoje essa mensagem, e como a achei interessante, resolvi postar para vocês. Deus abençoe a todos! Bjs!

"QUEM O CRIOU?
Lúcifer : Fui criado pelo próprio Deus, bem antes da existência do homem. Ezequiel 28:15

"COMO VOCÊ ERA QUANDO FOI CRIADO?
Lúcifer : Vim à existência já na forma adulta e, como Adão, não tive infância. Eu era um símbolo de perfeição, cheio de sabedoria e formosura e minhas vestes foram preparadas com pedras preciosas. Ezequiel 28:12,13

"ONDE VOCÊ MORAVA?
Lúcifer : No Jardim do Éden e caminhava no brilho das pedras preciosas do monte Santo de Deus. Ezequiel
28:13

"QUAL ERA SUA FUNÇÃO NO REINO DE DEUS?
Lúcifer : Como querubim da guarda, ungido e estabelecido por Deus, minha função era guardar a Glória de Deus e conduzir os louvores dos anjos. Um terço deles estava sob o meu comando. Ezequiel 28:14; Apocalipse 12:4

"ALGUMA COISA FALTAVA A VOCÊ?
Lúcifer : (reflexivo, diminuiu o tom de voz) Não, nada. Ezequiel 28:13

"O QUE ACONTECEU QUE O AFASTOU DA FUNÇÃO DE MAIOR HONRA QUE UM SER VIVO PODERIA TER?
Lúcifer : Isso não aconteceu de repente. Um dia eu me vi nas pedras (como espelho) e percebi que sobrepujava os outros anjos (talvez não a Miguel ou Gabriel) em beleza, força e inteligência. Comecei então a pensar como seria ser adorado como deus e passei a desejar isto no meu coração. Do desejo passei para o planejamento, estudando como firmar o meu trono acima das estrelas de Deus e ser semelhante a Ele. Num determinado dia tentei realizar meu desejo, mas acabei expulso do Santo Monte de Deus. Isaías 14:13,14; Ezequiel 28: 15-17

"O QUE DETONOU FINALMENTE A SUA REBELIÃO?
Lúcifer : Quando percebi que Deus estava para criar alguém semelhante a Ele e, por conseqüência, superior a mim, não consegui aceitar o fato. Manifestei então os verdadeiros propósitos do meu coração. Isaías 14:12-14

"O QUE ACONTECEU COM OS ANJOS QUE ESTAVAM SOB O SEU COMANDO?
Lúcifer : Eles me seguiram e também foram expulsos. Formamos juntos o império das trevas. Apocalipse 12:3,4

"COMO VOCÊ ENCARA O HOMEM?
Lúcifer : (com raiva) Tenho ódio da raça humana e faço tudo para destruí-la, pois eu a invejo. Eu é que deveria ser semelhante a Deus. 1Pedro 5:8

"QUAIS SÃO SUAS ESTRATÉGIAS PARA DESTRUIR O HOMEM?
Lúcifer : Meu objetivo maior é afastá-los de Deus. Eu estimulo a praticar o mal e confundo suas idéias com um mar de filosofias, pensamentos e religiões cheias de mentiras, misturadas com algumas verdades. Envio meus mensageiros travestidos, para confundir aqueles que querem buscar a Deus. Torno a mentira parecida com a verdade, induzindo o homem ao engano e a ficar longe de Deus, achando que está perto. E tem mais. Faço com que a mensagem de Jesus pareça uma tolice anacrônica, tento estimular o orgulho, a soberba, o egoísmo, a inimizade e o ódio dos homens. Trabalho arduamente com o meu séquito para enfraquecer as igrejas, lançando divisões, desânimo, críticas aos líderes, adultério, mágoas, friezas espirituais, avareza e falta de compromisso (ri às escaras). Tento destruir a vida dos pastores, principalmente com o sexo, ingratidão, falta de tempo para Deus e orgulho. 1Pedro 5:8; Tiago 4:7; Gálatas 5:19-21; 1 corintios 3:3; 2 Pedro 2:1; 2 Timóteo 3:1-8; Apocalipse 12:9

"E SOBRE O FUTURO?
Lúcifer : (com o semblante de ódio) Eu sei que não posso vencer a Deus e me resta pouco tempo para ir ao lago de fogo, minha prisão eterna. Eu e meus anjos trabalharemos com afinco para levarmos o maior número possível de pessoas conosco. Ezequiel 28:19; Judas 6; Apocalipse 20:10,15

MEDITE NESSA MENSAGEM. VEJAM QUE FOI ELABORADA COM BASE NOS VERSÍCULOS BÍBLICOS, POR ISSO É UMA ILUSTRAÇÃO DA MAIS PURA VERDADE.

"COMO DIZ O ESPÍRITO SANTO: HOJE, SE OUVIRDES A SUA VOZ, NÃO ENDUREÇAIS OS VOSSOS CORAÇÕES". HEBREUS 3:7,8

"Ninguém tem maior amor do que este: de dar a Sua vida em favor dos Seus amigos". João 15:13"

quinta-feira, 8 de julho de 2010

As gangues para Deus

Paz, queridos

Acima, uma entrevista do evangelista Nicky Cruz, uma alma resgatada das gangues de NY há muitos anos, e que, desde então, dedica sua vida evangelizando aqueles que são considerados "escória" da sociedade.

Deus os abençoe!!!!

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Caiu, se levante!

A paz do nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos,

Não sei se vocês assistiram ao último vídeo postado, uma mensagem de Paul Washer. Caso não tenham visto, sugiro que o vejam, pois é simplesmente muito abençoador! Enfim, resolvi pesquisar um pouco sobre esse pastor, para conhecer um pouco de sua vida em Cristo. Entrei em um site de irmãos que o criticavam muito por causa de sua mensagem --- deturpando a mensagem que esse servo de Deus queria nos trazer. A mensagem de Paul diz o seguinte: precisamos viver em santidade, de acordo com os mandamentos do Senhor, para que não percamos nossa coroa. Para aqueles que apregoam que Paul está dizendo que a salvação não é mediante a graça, e sim por nossos esforços, por favor, irmãos! Não deturpem a mensagem... O que Paul queria dizer é que quando vivemos para Cristo, não podemos viver no pecado. Ele não diz que somos salvos pelas nossas obras, mas pela graça. Entretanto, não é porque vivemos na graça que continuaremos a viver de maneira imprópria. Isso o apóstolo Paulo mesmo nos advertiu em Romanos 6: 1-14

"Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele? Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição; Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.Porque aquele que está morto está justificado do pecado. Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos; Sabendo que, tendo sido Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre; a morte não mais tem domínio sobre ele. Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus. Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor."

Eu não sou perfeita, irmãos. Tenho tentado viver em santidade, para agradar ao Senhor, mas às vezes, ou melhor, muitas vezes, erro feio! A questão não é pecar, pois todos caímos, pecamos, todos erramos... A grande questão é, vamos nos levantar quando caímos ou continuar prostrados? Essa tem sido uma grande luta pra mim, mas creio que o Senhor já está trabalhando em meu coração. Deus não deseja que pequemos, de forma nenhuma!!! O Senhor Jeová quer que sejamos como Jesus. Entretanto, Ele também não deseja que vivamos das lembranças do nosso pecado, nem prostrados. Martirizar-se pelos pecados cometidos continuamente é religiosidade. Precisamos do arrependimento para nos achegarmos à cruz e clamarmos a Deus por Sua misericórdia, mas o sofrimento contínuo por coisas que já foram perdoadas por Deus é religiosidade. Portanto, se vocês caíram, irmãos, se levantem!
Jesus os abençoe!!!

domingo, 27 de junho de 2010

O peso da cruz


Paz, queridos

Queria compartilhar hoje uma experiência que não é minha, mas que me tocou muito.

Ouvi de uma tia, que tem passado uma grande luta, algo que o Espírito Santo falou a ela. [Quando passamos por dificuldades e abrimos os ouvidos do coração, o Senhor fala conosco! Creiam nisso!] A luta que ela está passando é realmente difícil, e em alguns momentos, se pega um pouco triste e fatigada... Mas esse foi o momento que o Espírito escolheu para compartilhar uma pérola com ela. [Vocês têm se aquietado e deixado o Espírito lhes falar em meio a dor?] Quando ela disse em seu coração: "Puxa, Pai, que cruz!", o Espírito lhe disse: "A cruz tem o peso que nós damos a ela".

Essa frase lhe causou um impacto tão grande que, no mesmo instante, ela se recompôs! O seu rosto, que antes trazia tristeza, passou a emanar alegria e paz. Raramente vejo pessoas que passam por lutas demonstrar tanta paz como pude ver com o seu exemplo. Ela ainda completou: "Quando sinto que vou desmoronar novamente, o meu coração se lembra do que o Espírito me falou, e me levanto e continuo andando." Glória a Deus!!!
Eu confesso que ainda estou muito longe desse patamar, pois em meio às lutas, queridos, murmuro tanto, que só a misericórdia do Senhor para me perdoar. Deus tem trabalhado em mim, e creio que um dia passarei pelas dificuldades e me regozijarei em todas elas. A cruz passa a ser leve e suportável quando a carregamos com Cristo. Cada um de nós tem uma cruz, e precisamos levá-la, pois foi isso que o Senhor nos disse. "Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me."(Mc 8:34). A cruz não é algo que carregamos só uma parte da nossa vida. Não! Carregamos nossa cruz como Cristo fez, quando assumimos um compromisso com Ele. A partir disso, tomamos nossa cruz e continuamos a carregá-la até o fim! A cruz é renúncia, entrega... Há morte na cruz... Entretanto, por causa da cruz de Cristo, a nossa cruz também pode ser refrigério pra nós. É algo louco de se pensar, não é? Por causa da cruz de Cristo, nós não carregamos nossa cruz para sermos mortos como Ele, pois o preço já foi pago. No entanto, na cruz precisa haver a morte do nosso eu, em renúncia! Nesse momento, recebemos tudo o que precisamos nEle... Ele nos dá amor, sabedoria, paz, graça... GRAÇA! Ele nos dá graça suficiente para suportarmos toda e qualquer aflição, para passarmos por toda e qualquer dificuldade. Creio que foi isso que minha tia conseguiu compreender, e é essa mensagem que deixo pra vocês hoje. Olhem para sua cruz, e ao invés de olhá-la com desprezo, olhe-a através da graça, e deixe que o Espírito ministre Sua palavra em seus corações.

Um abraço! Paz seja com todos!

terça-feira, 22 de junho de 2010

Imperfeição maquiada


A paz do Senhor Jesus seja com vocês,

Gente, estou simplesmente sem palavras... [Apesar de dizer isso, se preparem para o texto que vem... rsrsrs]... Deus é realmente o psicólogo dos psicólogos! Tenho vivido isso de forma muito clara nos últimos dias.

Há algumas semanas retornei ao processo psicoterapêutico, após a minha desistência do último, no ano passado. Creio que é o momento que Deus está trabalhando em mim de forma muito especial, embora difícil. O Senhor tem me dito de várias formas que está moldando o vaso, que está trabalhando em mim, para que eu possa cumprir os Seus propósitos. Nem sempre estou disposta a dizer "Eis-me aqui", principalmente quando Ele toca em algo doloroso. A única coisa que consigo fazer é chorar e clamar por misericórdia... Entretanto, nas últimas semanas tenho tido uma maior clareza do Seu trabalho perfeito, e mesmo doendo, tenho tentado me deixar nas mãos do Oleiro.

Semana passada tive um sonho muito interessante! [Creio que é uma das formas mais claras que o Senhor fala comigo]. O sonho era extenso, e só me lembro de uma pequena parte, que tomo como a significante. Eu estava sentada no banco traseiro de um carro, em que o pastor Cirilo [é esse mesmo!!] dirigia. Eu não o conheço, gente, foi só no sonho mesmo. Rs... Ele ministrava algo sobre a minha vida e, dentre outras coisas, me dizia o seguinte: "O Senhor não quer que você use maquiagem. Você só está permitida usar um brilhinho (gloss) e maquiagem só em uma festa." Acordei, e só essa parte ficou na minha lembrança. "Será que o Senhor falou comigo ou é coisa da minha cabeça???" Pensei... "Bem, por via das dúvidas, é melhor obedecer. Se eu estiver entendendo mal, Ele mesmo me corrigirá, pois vê que estou tendo a melhor das intenções."

Bem, eu só não sabia que isso seria tãaaaaaaaao pesaroso! "Aiiiiiii, Jesus!!! Por que o Senhor quer que eu fique feia????" Parece algo idiota, mas como isso mexeu comigo! Eu me sentia "nua", estranha, parecia que faltava alguma coisa. Mas "dei a minha cara a tapa" e me permiti passar por aquela experiência que eu não entendia muito bem o sentido até hoje.

Para que vocês entendam o que penso ser o trabalhar de Deus na minha vida, preciso contextualizá-los. Sempre procurei ser perfeita. Sempre! Algo sem sentido e louco, porque sabemos que perfeição não existe, não é mesmo? Aliás, perfeição só existe em Deus. Pois bem, embora isso chegue à esfera cognitiva, o meu emocional nunca acompanha. Eu não consigo deixar de tentar ser perfeita. E como isso é difícil, pesado, doloroso... "Ahhhhh, como eu gostaria de saber quem sou. Como gostaria de fazer o que penso, dizer o que penso, sem me preocupar com o que as pessoas ao meu redor estão achando de mim". Sempre pensava... mas nunca tinha coragem de testar isso, de tentar me encontrar e me permitir ser eu mesma, sem me importar com as pessoas.

A questão é que embora todos ao meu redor não me entendam, o Senhor me entende! Ele perscruta o mais profundo da minha alma, esquadrinha o meu coração, e sabe o quanto isso me traz sofrimento, o quanto me aprisiona. É exatamente isso. Sinto-me aprisionada muitas vezes, carregando um fardo pesado de uma imagem que em algum momento da minha vida achei que precisava carregar. Mas quando o Senhor Jesus entra na nossa vida, Ele não tira algum fardo de nós, Ele tira todo nosso fardo, pois não quer que caminhemos em aflição. Nós passamos por aflições, como diz a Palavra, mas não devemos viver aprisionados pelos fardos. Ele nos diz: "Vinde a Mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados e Eu vos aliviarei" (Mt 11:28). O Senhor Jesus já havia tirado muitos dos fardos que eu carregava, mas esse específico eu nunca consegui tirar da minha vida; ou melhor, nunca consegui deixar que Ele o tirasse de mim. Eu não permitia que Ele colocasse Sua mão nessa ferida.

Uma mensagem que arde em meu coração é que o Senhor quer que eu voe. [Não só a mim, Ele deseja que nós voemos!]... Já ouvi isso do Senhor várias vezes, e sempre dizia a Ele: "Senhor, mas eu não sei como voar. Eu não sei como abrir as asas... Me ajude, Deus!". Entendo porque não consigo. É praticamente impossível voar se estamos aprisionados por algo, se carregamos algo que é difícil até para caminhar.

Entendo que o Senhor quer me despir da imagem de "perfeição", da qual não consigo me desfazer, talvez por medo de ser incompreendida, ou não tão amada como antes, enfim, é um preço a se pagar e me sinto muito covarde para enfrentar isso. No entanto, está mais do que na hora de experimentar o novo de Deus em minha vida, e para chegar numa próxima fase, talvez seja necessário passar por essa prova, essa exigência.

Hoje a minha terapeuta, também uma mulher de Deus, me ajudou compreender a linguagem do sonho. Deixar de usar maquiagem é algo literal, mas pode ser ampliado para a minha grande dificuldade. Que maquiagem uso para me esconder das pessoas? O que procuro esconder? Por que tentar sempre ser perfeita? Sendo assim, parece que procuro controlar todas as coisas, e não permito que o meu Deus, meu Senhor e Dono por direito, controle a minha vida.

Deixo essa reflexão pra vocês. Será que há algo em vocês que precisa ser escondido das pessoas? Será que usam algum tipo de maquiagem para camuflar suas imperfeições? Postei uma mensagem semelhante há algum tempo, com o título de "Capas de vaidade", março 2009.

Abraço a todos!!

terça-feira, 15 de junho de 2010

A doutrina esquecida - PAUL WASHER

video

"A EVIDÊNCIA DA CONVERSÃO NÃO É UM 'CARTÃO DE DECISÃO' PREENCHIDO.

É UMA VIDA SENDO VIVIDA!"

Paul Washer.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Palavra às solteiras

A paz do Senhor Jesus, amadas

Estamos nos aproximando do dia dos namorados e é um momento de tristeza para aquelas que não estão com a sua bênção do lado. Recebi uma palavra essa semana, através de uma mulher de Deus, já casada, que edificou muito a minha vida, e creio que é importante compartilhar com vocês, pois sei que esperar por um casamento de Deus traz muita ansiedade.
Eu também espero no Senhor, e sei como é penoso aguardar por algo tão sonhado, mas ficar ansioso por isso só nos leva a sofrimento desnecessário, escolhas precipitadas (que geram conseqüências terríveis) e nos impede de buscarmos estratégias funcionais – uma vez que o nosso foco é somente esse. Enfim, por muito tempo da minha vida vivi assim e se vocês se perguntarem onde foi que eu cheguei, não terei uma resposta muito positiva. Continuei onde estou! Ainda esperando e completamente despreparada. Despreparada para um casamento! Entendi essa semana que posso transformar a minha espera em algo mais funcional, que me leve a um crescimento emocional e espiritual, ao invés de me “debater” em minhas dores e estratégias que não levam a lugar nenhum, e até entrar num ciclo de murmurações.
Deus é perfeito, e assim é a sua vontade, como diz a palavra do Senhor – sua vontade é boa, perfeita e agradável. [ Alguém tem alguma dúvida disso???]. O problema é que parece que não conseguimos chegar à plenitude da Sua palavra, e queremos antecipar as coisas de Deus. Ele, ao nos criar, ou melhor, ao sonhar conosco, já havia estabelecido todas as coisas. Se nós conseguirmos nos focar naquilo que Ele nos confia hoje, não precisamos nos tornar ansiosos com o que virá no futuro.
O que acontece quando fazemos um vestibular e passamos? Vamos supor que vocês comecem a cursar psicologia (e assim se tornem minhas colegas!!! rsrs). Vocês passarão os primeiros cinco anos de muito estudo para receberem o título de psicólogas – as que quiserem ir além, podem continuar a carreira acadêmica, mas enfim... Não vem ao caso. Durante esses cinco anos vocês serão “estudantes” de psicologia, não psicólogas ainda. Vai adiantar ficarem ansiosas para começar a atender antes da hora? Não, porque existia uma etapa a ser cumprida aqui.
“Ei, Bárbara, não sei exatamente onde você está querendo chegar!”. Bem, meninas, vamos imaginar que estamos numa espécie de “faculdade” estabelecida por Deus, para que nos preparemos emocional e espiritualmente para receber um casamento abençoado. E nessa faculdade, existem disciplinas fundamentais para ser uma boa esposa, e que não precisamos necessariamente de esposos para desenvolver as competências necessárias. Parem para se analisar... Se o Senhor lhes proporcionasse um casamento para hoje mesmo, estariam prontas para serem esposas à luz da palavra de Deus??? Eu creio que eu não estaria pronta, embora viva ansiosa para viver essa bênção de Deus na minha vida.
Por favor, não estou dizendo aqui que precisamos ser “letradas” para só assim recebermos a bênção. Claro que não! Aliás, a faculdade do Senhor se estende para pós graduação, mestrados, doutorados e pós doc... Então, queridas, mesmo depois de casadas, ainda teremos muito a aprender. Só estou refletindo sobre isso com vocês, porque todas podemos transformar essa espera em algo mais funcional.
Quem já não orou a Deus, especificando as qualidades que gostaria que tivesse o seu esposo? Eu já fiz isso algumas vezes... Mas, por acaso vocês já se perguntaram como os seus futuros esposos tem orado em relação ao que esperam numa esposa? Eu pensei nisso esses dias... “Deus, acho que preciso mudar minha oração. O Senhor já sabe como eu desejo que ele seja. Agora é o momento que eu seja focada a desenvolver habilidades que venham a agradar ao meu futuro esposo.”... Creio que quando nos focamos a desenvolver algo positivo, podemos “diluir” nossa ansiedade, uma vez que não ficamos de “braços cruzados”, choramingando porque a bênção ainda não chegou. Se vocês não sabem como orar, ou que competências desenvolver, tenho uma ótima sugestão a vocês... Meditem nessa palavra minuciosamente, pois edificou muito a mim e creio que será o mesmo com vocês.

Provérbios 31:10-21.
10 Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.
11 O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo.
12 Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.
13 Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos.
14 Como o navio mercante, ela traz de longe o seu pão.
15 Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas.
16 Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos.
17 Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços.
18 Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite.
19 Estende as suas mãos ao fuso, e suas mãos pegam na roca.
20 Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado.
21 Não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata.
22 Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é de seda e de púrpura.
23 Seu marido é conhecido nas portas, e assenta-se entre os anciãos da terra.
24 Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores.
25 A força e a honra são seu vestido, e se alegrará com o dia futuro.
26 Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.
27 Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça.
28 Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva.
29 Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente!
30 Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada.
31 Dai-lhe do fruto das suas mãos, e deixe o seu próprio trabalho louvá-la nas portas.


Deus abençoe vocês tremendamente!

terça-feira, 1 de junho de 2010

Bom ânimo!

Paz, queridos,
Recebi esse texto por e-mail. Muito edificante!
Abraços!




“... advirtam os ociosos, confortem os desanimados, auxiliem os fracos, sejam pacientes para com todos."
I Tessalonicenses 5:14.

"Conta-se que uma família foi forçada a sair de sua casa quando tropas inimigas invadiram a localidade onde viviam.
Para fugir aos horrores da guerra, perceberam que sua única chance seria atravessar as montanhas que circundavam a cidade.
Se conseguissem êxito na escalada, alcançariam o país vizinho e estariam a salvo.
A família compunha-se de umas dez pessoas, de diversas idades.
Reuniram-se e planejaram os detalhes: a saída de casa, por onde tentariam a difícil travessia.
O problema era o avô.
Com muitos anos aos ombros, ele não estava muito bem.
A viagem seria dura.
- "Deixem-me", falou ele.- "Serei um empecilho para o êxito de vocês. Somente atrapalharei. Afinal, os soldados não irão se importar com um homem velho como eu".
Entretanto, os filhos insistiram para que ele fosse.
Chegaram a afirmar que se ele não fosse eles também ali permaneceriam.
Vencido pelas argumentações, o idoso cedeu.
A família partiu em direção à cadeia de montanhas.
A caminhada era feita em silêncio.
Todo esforço desnecessário deveria ser poupado.
Como entre eles havia uma menina de apenas um ano, combinaram que, a fim de que ninguém ficasse exausto, ela seria carregada por todos os componentes da família, em sistema de revezamento.
Depois de várias horas de subida difícil, o avô se sentou em uma rocha.
Deixou pender a cabeça e quase em desespero, suplicou:
- "Deixem-me para trás. Não vou conseguir. Continuem sozinhos”.
- "De forma alguma o deixaremos. Você tem de conseguir. Vai conseguir", falou com entusiasmo o filho.
- "Não", insistiu o avô, "deixem-me aqui".
O filho não se deu por vencido.
Aproximou-se do pai e energicamente lhe disse:
- "Vamos, pai. Precisamos do senhor. É a sua vez de carregar o bebê".
O homem levantou o rosto.
Viu as fisionomias cansadas de todos.
Olhou para o bebê enrolado em um cobertor, no colo do seu neto de treze anos.
O garoto era tão magrinho e parecia estar realizando um esforço sobre-humano para segurar o pesado fardo.
O avô se levantou.
- "Claro", falou, "é a minha vez. Passem-me o bebê".
Ajeitou a menina no colo.
Olhou para o seu rostinho inocente e sentiu uma força renovada.
Um enorme desejo de ver sua família a salvo, numa terra neutra, em que a guerra seria somente uma memória distante tomou conta dele.
- "Vamos", disse, com determinação. "Já estou bem. Só precisava descansar um pouco. Vamos andando".
O grupo prosseguiu, com o avô carregando a netinha.
Naquela noite, a família conseguiu cruzar a fronteira a salvo.
Todos os que iniciaram o longo percurso pelas montanhas conseguiram terminar. Inclusive o avô.
Se alguém a seu lado está preste a desistir das lutas que lhe compete, ofereça-lhe um incentivo.
Recorde da importância que ele tem para a pequena ou grande comunidade em que se movimenta.
Lembre-o que, no círculo familiar, na roda de amigos ou no trabalho voluntário, ele é alguém que faz a diferença.
Ninguém é substituível.
Cada criatura é única e tem seu próprio valor.
Uma tarefa pode ser desempenhada por qualquer pessoa, mas uma pessoa jamais substituirá a outra.
Não permita que ninguém fique à margem do caminho, somente porque não recebeu um incentivo, um estímulo, um motivo para prosseguir, até a vitória final."

(Autor Desconhecido)

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Obedecer a Deus

Paz, queridos

Assisti a um vídeo hoje que tocou o meu coração. Muitas vezes nós traçamos planos pra nós, desejamos fazer a nossa vontade, e isso nos leva a desobedecermos ao Senhor. Quantas vezes já fiz isso... E o final, nunca foi diferente: fui muito machucada! O Senhor, na Sua infinita misericórdia, sempre interviu e me tratou, mas poderia ter evitado muita dor desnecessária se somente O obedecesse. É o que Ele pede de nós, só isso! Deus é o nosso Pai bondoso, e assim como a maioria dos pais terrenos, só quer nos instruir. Não por ser "carrasco", mas por ser amor. Às vezes nós não gostamos muito do que Ele diz, porque contraria a nossa vontade, o nosso "eu", mas só faz isso porque sabe o que nos aguarda. O seu amor por nós é tão grande! Ahhh, se desfrutássemos mais desse amor... Se Adão e Eva não desobedecessem... Se Davi não desobedecesse... Se tantos homens e mulheres de Deus não desobedecessem, quanto seria diferente! Evitaríamos tantos problemas, não é mesmo?

Reflitam sobre esse vídeo, feito para crianças... Eu continuo me sentindo criança do Senhor. Caso você também sinta o mesmo, desfrute da mensagem em vídeo.




Abraços!

domingo, 16 de maio de 2010

É Deus quem nos diz

Paz, queridos

Queria compartilhar com vocês a palavra do Senhor que está em I Reis 17, a partir do verso 8, até o final.

8 Então veio a ele a palavra do SENHOR, dizendo:
9 Levanta-te, e vai para Sarepta, que é de Sidom, e habita ali;
eis que eu ordenei ali a uma mulher viúva que te sustente.
10 Então ele se levantou, e foi a Sarepta; e, chegando à porta da cidade, eis que estava ali uma mulher viúva apanhando lenha; e ele a chamou, e lhe disse: Traze-me, peço-te, num vaso um pouco de água que beba.
11 E, indo ela a trazê-la, ele a chamou e lhe disse: Traze-me agora também um bocado de pão na tua mão.
12 Porém ela disse: Vive o SENHOR teu Deus, que nem um bolo tenho, senão somente um punhado de farinha numa panela, e um pouco de azeite numa botija; e vês aqui apanhei dois cavacos, e vou prepará-lo para mim e para o meu filho, para que o comamos, e morramos.
13 E Elias lhe disse: Não temas; vai, faze conforme à tua palavra; porém faze dele primeiro para mim um bolo pequeno, e traze-mo aqui; depois farás para ti e para teu filho.
14 Porque assim diz o SENHOR Deus de Israel:
A farinha da panela não se acabará, e o azeite da botija não faltará até ao dia em que o SENHOR dê chuva sobre a terra.
15 E ela foi e fez conforme a palavra de Elias; e assim comeu ela, e ele, e a sua casa muitos dias.
16 Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou; conforme a palavra do SENHOR, que ele falara pelo ministério de Elias.
17
E depois destas coisas sucedeu que adoeceu o filho desta mulher, dona da casa; e a sua doença se agravou muito, até que nele nenhum fôlego ficou.
18 Então ela disse a Elias: Que tenho eu contigo, homem de Deus? vieste tu a mim para trazeres à memória a minha iniqüidade, e matares a meu filho?
19 E ele disse: Dá-me o teu filho. E ele o tomou do seu regaço, e o levou para cima, ao quarto, onde ele mesmo habitava, e o deitou em sua cama,
20 E clamou ao SENHOR, e disse: O SENHOR meu Deus, também até a esta viúva, com quem me hospedo, afligiste, matando-lhe o filho?
21 Então se estendeu sobre o menino três vezes, e clamou ao SENHOR, e disse: O SENHOR meu Deus, rogo-te que a alma deste menino torne a entrar nele.
22 E o SENHOR ouviu a voz de Elias; e a alma do menino tornou a entrar nele, e reviveu.
23 E Elias tomou o menino, e o trouxe do quarto à casa, e o deu a sua mãe; e disse Elias: Vês aí, teu filho vive.
24 Então a mulher disse a Elias:
Nisto conheço agora que tu és homem de Deus, e que a palavra do SENHOR na tua boca é verdade.

Creio que a maioria conhece essa passagem. Quem quiser ler os primeiros versos do capítulo para se contextualizar, entenderá melhor. Bem, o profeta Elias havia predito uma grande seca sobre a terra, e assim se fez. Ele foi enviado pelo Senhor para a torrente de Querite, e foi sustentado pelo Senhor - os corvos lhe levavam alimento, e ele bebia da água da torrente. Passado algum tempo ali, Elias havia aprendido a depender totalmente do Senhor. Ele lhe disse: "Vá a Sarepta, e ali uma viúva irá te alimentar"...
A minha meditação não é sobre Elias, mas sobre a mulher. Elias já havia aprendido a confiar e depender de Deus, mas a viuva não! Ela era uma serva de Deus, conhecia ao Senhor, mas creio eu que ainda não tinha tido experiências profundas com Ele. O Senhor ordenou uma viuva que o sustentasse. A partir do versículo entendemos que essa mulher não era qualquer uma não. Ela tinha vida com Deus! E essa mulher de Deus estava sofrendo com a seca. Quando o profeta chegou a ela e disse para ela lhe trazer água para beber e pão para que se alimentasse, ela disse que só tinha um pouquinho de farinha e azeite, que só serviam para uma última refeição dela e do filho. O profeta, como homem de Deus, e para que o nome dEle fosse glorificado naquele milagre disse: "Porque assim diz o SENHOR Deus de Israel: A farinha da panela não se acabará, e o azeite da botija não faltará até ao dia em que o SENHOR dê chuva sobre a terra.". E assim se fez. Não faltou azeite nem farinha... O primeiro milagre. Aleluia! Quem mais além do próprio Senhor poderia fazer isto? Não fora Ele mesmo quem multiplicou os pães e os peixes para que a multidão se alimentasse?
Bem... aí é que está. O primeiro milagre não foi suficiente! "Bárbara, você enlouqueceu????? Como é que pode dizer isso???? Deus operou, e ela, o filho e o profeta (provavelmente outras pessoas em sua vizinhança) não morreram de fome! Como é que não tinha sido suficiente?" Queridos, foi um milagre tremendo, mas para ela ainda faltava algo!
Quantas coisas fez o Senhor por nós? Muitas, não é mesmo? Entretanto, as vezes parece que foi pouco, porque nos abatemos com os problemas da vida, nos desestimulamos, paramos de andar... Para ela ainda faltava algo e vemos que Deus é tão grande em misericórdia e bondade que Ele resolveu operar mais um milagre para que a serva dEle fosse completamente abençoada: o filho dela morreu!!! "Báaaaaaarbara, que coisa! Como é que isso pode ser bençao??? Que horror!!!" Qual o maior milagre do que alguém morto ressuscitar? Isso é algo que vemos o tempo todo? Não, não é mesmo? Pois o filho dessa mulher morreu, e pela oração do servo enviado por Deus, ele ressuscitou. Ele reviveu! Queridos, se vocês voltarem ao final do versículo verão: "Nisto conheço agora que tu és homem de Deus e que a palavra do SENHOR na tua boca é verdade". Ela ainda tinha dúvidas no seu coração, e o Senhor não queria que ela continuasse duvidosa.
Quantas vezes o Senhor nos diz algo e não conseguimos crer? O Senhor fala ao nosso coração (falou com ela - "ordenei a mulher viúva que te alimente"), fala através de pessoas, fala através da palavra, levanta profetas de vários lugares para falar conosco... e mesmo assim parece insuficiente! Meu Deus, por que somos assim? Por que uma simples palavra já não nos basta? Sabe, eu me sinto assim muitas vezes... Deus fala comigo, opera milagres diante de mim, e ainda assim fico esmorecida com os problemas, com os levantes de Satanás. Minha oração nesse dia é que nós possamos crer acima de todas as circunstâncias (de primeira vez!), e partilhar com outros, quão grandes coisas fez o Senhor por nós.
Paro por aqui, pois já está muito extenso. Rs... Bjs! Jesus abençoe a todos!!!

domingo, 18 de abril de 2010

Palavras como incenso


Paz, queridos leitores...

Queria compartilhar brevemente sobre algo que fala ao meu coração desde ontem a noite. Na reunião dos jovens da minha igreja, o nosso pastor nos entregou uma mensagem, de Spurgeon, um dos maiores pregadores batistas da história... Enfim, uma mensagem nos exortando à santidade, uma vez que precisamos ser santos como Jesus é. Muito tem sido pregado sobre esse tema, não é verdade? Não irei reproduzir toda mensagem aqui, mas uma frase ficou indelével no meu coração: "que minhas palavras sejam como incenso".
Procurem repetir em voz alta essa frase, algumas vezes, como uma oração: "Que minhas palavras sejam como insenso"... A medida que repetirem isso, meditem nessa oração, e percebam quão profunda é. O Senhor deseja que nossas palavras sejam como incenso para Ele. Já pensou quanta coisa tola proferimos com a nossa língua? O que é que sai no meio de vocês quando se reunem com seus amigos, colegas de trabalho, familiares não cristãos? Procurem se lembrar daquelas reuniões que poderiam ter sido uma benção, pessoas que poderiam se converter a Jesus, se vocês tivessem aberto a boca para abençoar e não fofocar ou murmurar... Ahhhh, como precisamos ser transformados! É uma luta diária com a nossa carne, não é mesmo? Mas nós podemos vencer isso, pois temos o Espírito Santo em nós, e é Ele que nos inspira termos hinos de louvor e salmos sempre em nossa boca. Quando é que chegaremos a esse estágio de adoração?
Alguns versículos que a Palavra nos traz sobre a língua:

Jó 27:4 Não falarão os meus lábios iniqüidade, nem a minha língua pronunciará engano.

Salmos 126:2 Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o SENHOR a estes.

Salmos 34:13 Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano.

Salmos 35:28 E assim a minha língua falará da tua justiça e do teu louvor todo o dia.

Salmos 37:30 A boca do justo fala a sabedoria; a sua língua fala do juízo.

Salmos 39:1 Eu disse: Guardarei os meus caminhos para não pecar com a minha língua; guardarei a boca com um freio, enquanto o ímpio estiver diante de mim.

Mateus 12: 34 Raça de víboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus? Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.
35 O homem bom tira boas coisas do bom tesouro do seu coração, e o homem mau do mau tesouro tira coisas más.
36 Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo. 37 Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condenado.

Acho que a própria palavra já fala por si só. Que nossos lábios sejam cheios de louvor, para que nossas palavras subam como incenso que se queima e produz um cheiro suave as narinas do nosso Deus.

Um bj grande no coração de cada um...

Paz!!!!!!


domingo, 11 de abril de 2010

A Reforma (I)


A paz do Senhor Jesus, amigos do blog! Hoje vamos meditar um pouco sobre algo que o Senhor tem trazido ao meu coração... Reforma da igreja... Será a primeira parte da mensagem. Aguardem a próxima! Bjs!


"II Crônicas 7:14
“Se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e se arrepender dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.”

Estamos numa época de reforma. A minha igreja local está passando por uma reforma geral, no templo. Muito já foi mudado... Salas transformadas, mudadas janelas, onde estava quebrado está sendo consertado. Tudo para que haja melhorias, e muito ainda será feito, para a glória de Deus! Temos orado nesse sentido, e de alguma forma, tentado nos organizar como igreja para financeiramente ajudar na obra.
No entanto, sinto que os esforços em oração e em obras estão mais voltados ao físico, mesmo que a palavra inicial dada pelo Senhor ao nosso pastor tenha sido: reforma da igreja! A palavra nos foi dada para uma mudança física (do templo) e também em nós, enquanto igreja (o templo do Espírito). Por que não nos empenhamos em fazer o mesmo para com o templo do Espírito?
Para isso é necessário arrependimento genuíno. Há quanto tempo não choramos diante de Deus por nossos pecados? Será que já chegamos a um patamar ideal de santidade? Como temos refletido o amor de Deus no nosso meio? Temos amado de fato? Temos sustentado os nossos irmãos em oração? E o perdão, tem havido no nosso meio? Como está a nossa unidade? O pior, como anda o nosso altar? Está cuidado, está limpo? Há oferta no nosso altar? PARA QUE HAJA FOGO, PRECISA HAVER OFERTA. E a oferta a que me refiro aqui, não é nem dinheiro... Você pode até ofertar ao Senhor, e Ele, dependendo de como está o seu coração, receberá ou não... Mas a oferta principal são corações arrependidos diante dEle.
O que você tem feito que tem sido abominável ao Senhor? O que antes era pecado pra você, e hoje tem se tornado “normal”? O que você tem feito no oculto, que só você e Deus sabem? Na frente dos irmãos é uma coisa, mas fora é outra... Deus tenha misericórdia de nós! Para Deus não há tamanhos de pecado, pecadinho ou pecadão! Pecado é pecado e nos separa de Deus, trazendo apostasia, frieza espiritual. E os pecados não confessados? O que já foi feito no passado, que você nunca confessou ao Senhor, e se esqueceu? O que fez no passado, antes da sua conversão, que nunca confessou ao Senhor? Esses pecados precisam ser confessados em arrependimento, pois sem arrependimento não há remissão de pecados, e assim, não há mudança! Uma mudança no caráter!
Como temos manifesto o amor de Deus? Quando foi que sentimos a dor de um irmão pela última vez? Quando foi que pegamos um irmão pela mão, espontaneamente, e dissemos: “Meu irmão, quero orar e jejuar pela sua causa”? Não somos unidos... Fingimos unidade!
De que adiante oração no nosso meio, sem corações quebrantados? As orações passam a ser individualistas, “duras” e não tocam o coração de Deus. É a palavra que pode nos chamar ao erro. Só a Palavra, que é Cristo, pode nos transformar, nos libertar, nos trazer arrependimento. A palavra precisa ser pregada e estudada. Crente não pode viver sem palavra, pois é o nosso parâmetro de como se viver uma vida em santidade.
O Senhor quer vir sobre nós, mas primeiro, precisamos oferecer nossa oferta de corações quebrantados, contritos e arrependidos. Deus não despreza um coração assim! Ele anseia por isso... Se a reforma do templo do Espírito não acontecer, teremos um templo local reformado, mas vazio da presença de Deus!"


Meditem nessa palavra, e compartilhem comigo o que o Senhor também tem entragado a vocês.

Abraço grande!

domingo, 28 de março de 2010

Feliz aniversário - 2 anos de blog


Nossaaaaaaaaaaaaaa, como pude esquecer????? No dia 24 de março nós fizemos mais um aninho de blog, e no dia 25 desse mesmo mês, completei mais um ano de vida. Gentem, to omissa, né????

Bem, só tenho que agradecer ao Senhor, por sua misericordia infinita, sua graça, seu amor imenso para comigo e minha família.
Obrigada, meu Deus, meu Senhor, meu Amado, meu Noivo, meu Marido, meu Pai, meu Irmão, meu Amigo, meu Tudo!!!!!!!!


domingo, 28 de fevereiro de 2010

Prisioneiros de Cristo Jesus


Paz, queridos

Venho aqui mais uma vez para postar parte da pregação que o pastor de nossa igreja fez nessa manhã. Deixarei apenas uma reflexão: você tem semeado? Os campos estão brancos, mas onde estão os ceifeiros? Vivemos os últimos dias e muitos estão caminhando para a perdição eterna. Nós somos os pregadores chamados para essa geração... Vocês entendem a urgência disso? Não serviremos para a próxima geração, pois estaremos mortos... nem a geração de hoje pode esperar a geração de amanhã que semeará o evangelho. A geração dos pregadores de hoje só servem para a geração de hoje [salvo aqueles que são chamados para algo maior, em que livros e pregações são publicados, e gerações são abençoadas através de suas vidas, mas estes são poucos!]. Nós, eu e vocês, somos chamados para hoje: no nosso trabalho, na nossa escola, no meio da nossa família e amigos... Vocês têm respondido ao chamado do Senhor? "A quem enviarei? A quem enviarei? Os campos estão brancos! Quem haverá de ir por Mim?" Eis-nos aqui, Senhor! Aleluia!!!! Que essa seja a resposta ardente nos nossos corações e lábios.
Mas, voltemos à pregação... O pastor fez uma reflexão acerca da vida do apostolo Paulo, que se considerava "prisioneiro de Cristo". Um homem, que por muitas vezes fora preso e açoitado, e que aos olhos humanos era um prisioneiro, não se via assim. Ele se enxergava como prisioneiro de Cristo, e se alegrava nisso. Nós perdemos essa essência... Nos voltamos a nossa própria vontade, e nos esquecemos que muitos estão perecemos sem Cristo. Temos um chamado, uma responsabilidade: pregar o evangelho.
Temos que dar frutos onde o Senhor nos plantou. Eis aqui três razões para que possamos dar frutos:
1) AMOR: este nos leva a vencer desafios.
2) RENÚNCIA: quando nos colocamos em Cristo, morremos pra nossa própria vontade.
3) PAIXÃO: esta nos faz fazer "loucuras" pelo evangelho.
Que não percamos esse foco.

Jesus os abençoe!
Um abraço!

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Oração persistente

Paz, amados

Hoje na minha igreja, o pastor pregou sobre oração - algo que é pregado há muito tempo, por muitas pessoas, mas nunca é um tema que se esgota. Tudo que ele falou me tocou profundamente, mas duas palavras em especial, tocaram fogo no meu coração: ORAÇÃO PERSISTENTE.

Quantas vezes vocês já chegaram diante de Deus com uma petição, mas ao passar dos dias, acabaram desistindo, porque não viam a resposta do Senhor? Hum... Eu já passei por isso algumas vezes... A gente começa com vigor, mas vai se cansando, cansando... deixa de andar por fé, começa a olhar para as circunstâncias, e pronto! Pára no meio do caminho. Será que é isso que o Senhor espera de nós?

Já pensou se Abraão não tivesse crido na promessa de que um filho lhe seria dado? E se ele deixasse de orar? Se Isaque, também com sua esposa estéril, deixasse de orar para que ela concebesse? Se Ana também deixasse de crer? "Crer??? Mas não estamos falando de orar?" Sim... Mas não podemos orar por algo se não cremos que podemos recebê-lo, não é verdade? Seria uma oração vã. Todos aqueles que oram e creem que receberão a bênção, vão recebê-la, mesmo que anos se passem.

O pastor ainda falou de três características a respeito da oração persistente:
1 - A fé. Só reiterando o que falamos acima. Sem fé é impossível chegarmos diante de Deus para intercedermos por algo. Só por meio da fé é que conseguiremos contemplar a bênção na instância espiritual, e aguardarmos o manifestar dela no físico.

2 - Existe um mundo espiritual atuando por trás, para que não recebamos a benção de Deus. Lembram-se de Daniel, que orou e jejuou por 21 dias, até receber a resposta de Deus? Quem foi que impediu que o anjo chegasse com a resposta, enviada por Deus logo no primeiro momento que ele pediu?

3 - O tempo de Deus. Este é diferente do nosso. Às vezes, demoramos de receber algum pedido não porque o Senhor é mau, nem porque não quer nos abençoar, mas porque não é o momento adequado para Ele nos dar o Seu melhor. O Senhor quer sempre nos dar o melhor. Sempre!!!

Bem, isso é só por hoje. Mas para selarmos a palavra no coração de vocês, queria que lessem o verso base, em Atos 12:5

"Pedro, pois, estava guardado no cárcere, mas havia oração incessante a Deus por parte da igreja a favor dele"

O resultado do versículo muitos já conhecem. Pedro estava para ser morto, mas um anjo do Senhor veio libertá-lo, e o fez passar por entre a guarda inteira, totalmente ileso. Creiam nesse Deus poderoso, e não desfaleçam na sua fé! Continuem perseverando em oração e aquela benção, aquela promessa de Deus, para a vida de vocês, chegará em bom tempo.

Um abração! Até a próxima!!!