terça-feira, 24 de agosto de 2010

Deus escolhe cônjuge para Seus filhos?

A paz do Senhor, amados

Ontem estava a meditar na palavra do Senhor em Genesis 24, para entender um pouco mais sobre a vontade de Deus a respeito de relacionamentos. A medida que lerem o capítulo, farei minhas colocações. Espero que edifique a vocês.


Gênesis 24

1 E era Abraão já velho e adiantado em idade, e o SENHOR havia abençoado a Abraão em tudo.


[Deus havia abençoado Abraão em todas as coisas: relacionamento, negócios, paternidade, etc. E sabia que o Deus dEle, não iria desapontar seu filho, caso este buscasse a vontade de Deus, e vivesse segundo Seus propósitos.]

2 E disse Abraão ao seu servo, o mais velho da casa, que tinha o governo sobre tudo o que possuía: Põe agora a tua mão debaixo da minha coxa,
3 Para que eu te faça jurar pelo SENHOR Deus dos céus e Deus da terra, que não tomarás para meu filho mulher das filhas dos cananeus, no meio dos quais eu habito.
4 Mas que irás à minha terra e à minha parentela, e dali tomarás mulher para meu filho Isaque.
5 E disse-lhe o servo: Se porventura não quiser seguir-me a mulher a esta terra, farei, pois, tornar o teu filho à terra donde saíste?
6 E Abraão lhe disse: Guarda-te, que não faças lá tornar o meu filho.
7 O SENHOR Deus dos céus, que me tomou da casa de meu pai e da terra da minha parentela, e que me falou, e que me jurou, dizendo: Å tua descendência darei esta terra ; ele enviará o seu anjo adiante da tua face, para que tomes mulher de lá para meu filho.
8 Se a mulher, porém, não quiser seguir-te , serás livre deste meu juramento; somente não faças lá tornar a meu filho.

[Abraão cria nas promessas de Deus e não tinha dúvidas que seu filho teria uma esposa, pois a promessa do Senhor sobre sua descendência ser numerosa era algo forte em seu coração. Ele ele diz “Bem, aquele que me abençoou e me prometeu, me guiou até aqui, irá diante de você e te mostrará a mulher." Deus pode indicar, mostrar, guiar a escolha... Mas temos o livre arbítrio para escolher se queremos ou não.]

9 Entäo pós o servo a sua mão debaixo da coxa de Abraão seu senhor, e jurou-lhe sobre este negócio.
10 E o servo tomou dez camelos, dos camelos do seu senhor, e partiu, pois que todos os bens de seu senhor estavam em sua mão, e levantou-se e partiu para Mesopotámia, para a cidade de Naor.
11 E fez ajoelhar os camelos fora da cidade, junto a um poço de água, pela tarde, ao tempo que as moças saíam a tirar água.
12 E disse:
O SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, dá-me hoje bom encontro, e faze beneficência ao meu senhor Abraão!

[“A oração do justo pode muito em seus efeitos.” Tiago 5:16. O servo de Abraão conhecia o Deus dele, e sabendo da responsabilidade da tarefa que lhe foi confiada, orou ao Senhor, demonstrando que ele não podia fazer nada sozinho, e que Deus era poderoso para fazer conforme o pedido do Seu servo ]

13 Eis que eu estou em pé junto à fonte de água e as filhas dos homens desta cidade saem para tirar água;
14 Seja, pois, que a donzela, a quem eu disser: Abaixa agora o seu cántaro para que eu beba; e ela disser: Bebe, e também darei de beber aos teus camelos; esta seja a quem designaste ao teu servo Isaque, e que eu conheça nisso que usaste de benevolência com meu senhor.
15 E sucedeu que, antes que ele acabasse de falar, eis que Rebeca, que havia nascido a Betuel, filho de Milca, mulher de Naor, irmäo de Abraão, saía com o seu cántaro sobre o seu ombro.
16 E a donzela era mui formosa à vista, virgem, a quem homem não havia conhecido; e desceu à fonte, e encheu o seu cántaro e subiu.
17 Entäo o servo correu-lhe ao encontro, e disse: Peço-te, deixa-me beber um pouco de água do teu cántaro.
18 E ela disse: Bebe, meu senhor. E apressou-se e abaixou o seu cántaro sobre a sua mão e deu-lhe de beber.
19 E, acabando ela de lhe dar de beber, disse:
Tirarei também água para os teus camelos, até que acabem de beber.

[Aqui percebemos que Rebeca era uma mulher solícita, com um coração de serva. Já imaginou o que é dar de beber a um camelo? Cada camelo bebe cerca de 120 litros de água. E ela deu de beber a todos eles, ao todo 10 camelos. A tarefa foi árdua e longa para ela, que dispunha de somente um cântaro, que comporta cerca de 10 litros. Bem, será que essa mulher não era virtuosa?]

20 E apressou-se, e despejou o seu cántaro no bebedouro, e correu outra vez ao poço para tirar água, e tirou para todos os seus camelos.
21 E o homem estava admirado de vê-la, calando-se,
para saber se o SENHOR havia prosperado a sua jornada ou não.

[O servo de Abraão aqui, já havia entendido que Deus tinha feito Sua escolha, pois a prova que tinha colocado diante dEle, já havia sido respondida. No entanto, o livre arbítrio sempre conta, pois Deus não nos força Sua vontade. O servo então queria de fato saber se a moça aceitaria ser a esposa de Isaque.]

22 E aconteceu que, acabando os camelos de beber, tomou o homem um pendente de ouro de meio siclo de peso, e duas pulseiras para as suas mäos, do peso de dez siclos de ouro;
23 E disse: De quem és filha? Faze-mo saber, peço-te. Há também em casa de teu pai lugar para nós pousarmos?
24 E ela lhe disse: Eu sou a filha de Betuel, filho de Milca, o qual ela deu a Naor.
25 Disse-lhe mais: Também temos palha e muito pasto, e lugar para passar a noite.
26 Entäo inclinou-se aquele homem e adorou ao SENHOR,
27 E disse: Bendito seja o SENHOR Deus de meu senhor Abraão, que não retirou a sua benevolência e a sua verdade de meu senhor; quanto a mim, o SENHOR me guiou no caminho à casa dos irmäos de meu senhor.
28 E a donzela correu, e fez saber estas coisas na casa de sua mäe.
29 E Rebeca tinha um irmäo cujo nome era Labäo, o qual correu ao encontro daquele homem até a fonte.
30 E aconteceu que, quando ele viu o pendente, e as pulseiras sobre as mäos de sua irmä, e quando ouviu as palavras de sua irmä Rebeca, que dizia: Assim me falou aquele homem; foi ter com o homem, que estava em pé junto aos camelos, à fonte,
31 E disse: Entra, bendito do SENHOR; por que estás fora? pois eu já preparei a casa, e o lugar para os camelos.
32 Entäo veio aquele homem à casa, e desataram os camelos, e deram palha e pasto aos camelos, e água para lavar os pés dele, e os pés dos homens que estavam com ele.
33 Depois puseram comida diante dele. Ele, porém, disse: Näo comerei, até que tenha dito as minhas palavras. E ele disse: Fala.
34 Entäo disse: Eu sou o servo de Abraão.
35
E o SENHOR abençoou muito o meu senhor, de maneira que foi engrandecido, e deu-lhe ovelhas e vacas, e prata e ouro, e servos e servas, e camelos e jumentos.
36 E Sara, a mulher do meu senhor, deu à luz um filho a meu senhor depois da sua velhice, e ele deu-lhe tudo quanto tem.

[Bem, não sei ao certo qual havia sido a intenção do servo de Abraão ao dizer a eles sobre as posses dele. Creio que dizendo isso, talvez a família pensasse: “Poxa, é um homem de posses” e isso facilitaria a permissão para o casamento. No entanto, não entendo aqui que Deus tem que nos mandar uma pessoa rica, mas ao meu ver, Deus sempre nos manda o Seu melhor. E no contexto de hoje, o melhor não é necessariamente bênção material, mas ESPIRITUAL. A pessoa que o Senhor escolher para nós terá virtudes espirituais. Sendo uma mulher, será virtuosa, sendo um homem, um varão valoroso. O que é melhor para mim, Deus é que sabe, pois conhece minha personalidade e sabe que a minha escolha pode me levar a ruínas, pois em Jr 17:9, a palavra diz “Enganoso é o coração, mais que todas as coisas”.Simplesmente porque quando nos envolvemos emocionalmente ficamos “cegos” para o que seria necessário perceber, e isso, de fato, é muito perigoso. Deus, portanto, não tem essa “deficiência”, pois é sobremodo sábio e Onisciente.]

37 E meu senhor me fez jurar, dizendo: Não tomarás mulher para meu filho das filhas dos cananeus, em cuja terra habito;
38 Irás, porém, à casa de meu pai, e à minha família, e tomarás mulher para meu filho.
39 Entäo disse eu ao meu senhor: Porventura não me seguirá a mulher.
40 E ele me disse: O SENHOR, em cuja presença tenho andado, enviará o seu anjo contigo, e prosperará o teu caminho, para que tomes mulher para meu filho da minha família e da casa de meu pai;
41 Entäo serás livre do meu juramento, quando fores à minha família; e se não te derem, livre serás do meu juramento.
42 E hoje cheguei à fonte, e disse: O SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, se tu agora prosperas o meu caminho, no qual eu ando,
43 Eis que estou junto à fonte de água; seja, pois, que a donzela que sair para tirar água e à qual eu disser: Peço-te, dá-me um pouco de água do teu cántaro;
44 E ela me disser: Bebe tu e também tirarei água para os teus camelos; esta seja a mulher que o SENHOR designou ao filho de meu senhor.
45 E antes que eu acabasse de falar no meu coraçäo, eis que Rebeca saía com o seu cántaro sobre o seu ombro, desceu à fonte e tirou água; e eu lhe disse: Peço-te, dá-me de beber.
46 E ela se apressou, e abaixou o seu cántaro de sobre si, e disse: Bebe, e também darei de beber aos teus camelos; e bebi, e ela deu também de beber aos camelos.
47 Entäo lhe perguntei, e disse: De quem és filha? E ela disse: Filha de Betuel, filho de Naor, que lhe deu Milca. Entäo eu pus o pendente no seu rosto, e as pulseiras sobre as suas mäos;
48 E inclinando-me adorei ao SENHOR, e bendisse ao SENHOR, Deus do meu senhor Abraão, que me havia encaminhado pelo caminho da verdade, para tomar a filha do irmäo de meu senhor para seu filho.
49 Agora, pois, se vós haveis de fazer benevolência e verdade a meu senhor, fazei-mo saber; e se não, também mo fazei saber, para que eu vá à direita, ou à esquerda.
50 Entäo responderam Labäo e Betuel, e disseram: Do SENHOR procedeu este negócio; não podemos falar-te mal ou bem.
51 Eis que Rebeca está diante da tua face; toma-a, e vai-te; seja a mulher do filho de teu senhor, como tem dito o SENHOR.
52 E aconteceu que, o servo de Abraão, ouvindo as suas palavras, inclinou-se à terra diante do SENHOR.
53 E tirou o servo joias de prata e joias de ouro, e vestidos, e deu-os a Rebeca; também deu coisas preciosas a seu irmäo e à sua mäe.
54 Entäo comeram e beberam, ele e os homens que com ele estavam, e passaram a noite. E levantaram-se pela manhä, e disse: Deixai-me ir a meu senhor.
55 Entäo disseram seu irmäo e sua mäe: Fique a donzela conosco alguns dias, ou pelo menos dez dias, depois irá.
56 Ele, porém, lhes disse: Näo me detenhais, pois o SENHOR tem prosperado o meu caminho; deixai-me partir, para que eu volte a meu senhor.
57 E disseram: Chamemos a donzela, e perguntemos-lho.
58 E chamaram a Rebeca, e disseram-lhe: Irás tu com este homem? Ela respondeu: Irei.
59 Entäo despediram a Rebeca, sua irmä, e sua ama, e o servo de Abraão, e seus homens.
60 E abençoaram a Rebeca, e disseram-lhe: O nossa irmä, sê tu a mäe de milhares de milhares, e que a tua descendência possua a porta de seus aborrecedores!
61 E Rebeca se levantou com as suas moças, e subiram sobre os camelos, e seguiram o homem; e tomou aquele servo a Rebeca, e partiu.
62 Ora, Isaque vinha de onde se vem do poço de Beer-Laai-Rói; porque habitava na terra do sul.
63
E Isaque saíra a orar no campo , à tarde; e levantou os seus olhos, e olhou, e eis que os camelos vinham.

[Isaque também era alguém de Deus. Um homem que aprendeu a esperar no Senhor, através do exemplo de vida do seu pai Abraão. Ele meditava, orava.... Era, assim, um homem espiritual.]

64 Rebeca também levantou seus olhos, e viu a Isaque, e desceu do camelo.
65 E disse ao servo: Quem é aquele homem que vem pelo campo ao nosso encontro? E o servo disse: Este é meu senhor. Entäo tomou ela o véu e cobriu-se.
66 E o servo contou a Isaque todas as coisas que fizera.
67 E Isaque trouxe-a para a tenda de sua mäe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher, e amou-a. Assim Isaque foi consolado depois da morte de sua mäe.


Bem, queridos


Entendo aqui que Deus continua escolhendo casamento para os Seus filhos, pois, se o fez para Isaque, pode fazer também para nós. Deus é imutável! É o mesmo ontem, hoje, e sempre será o mesmo. Agora, não precisa necessariamente ser como aconteceu! Hoje não vivemos mais a época de ter servos que podem ir a uma terra buscando alguém. Não é isso! Isso era o contexto da época. Não creio exatamente em predestinação, no sentido de nascer fulaninho para ciclaninho, mas como Deus sabe todas as coisas, e conhece todo o futuro, Ele sabe o que é melhor para nós, e nos leva a Sua vontade, boa, perfeita e agradável! Não creio que somos “bons” o suficiente para fazer essa escolha, pois o coração do homem é muito enganoso e limitado. Mas, enfim... Cada pessoa tem sua experiência pessoal. Eu creio que Deus age conforme acreditamos, segundo o que cremos que Ele nos revelou. A palavra ressalta em alguns evangelhos Jesus dizendo: “Seja feito conforme a sua fé”. Gente, isso é precioso! Possa ser que no mundo natural algumas coisas não aconteçam porque não é o normal das coisas, mas se tivermos fé, coisas são mudadas. Deus não está sob o controle de absolutamente nada. Ele está acima das leis da física (abriu o mar vermelho), está acima da ciência (curou a muitas doenças incuráveis) e acima da morte (ressuscitou pessoas). Será que esse mesmo Deus, que fez coisas tão tremendas e impossíveis, não poderia nos fazer conhecer aquele que Ele escolheu pra nós? Não penso que Deus seja diferente dos nossos pais. Aliás, Ele é muito, muito melhor! E se os nossos pais gostam de nos orientar quanto a nossa escolha, que dirá o próprio Deus, o nosso Pai Celestial?


Reflitam sobre a palavra. Deus abençoe a todos!!!!!!

2 comentários:

Wilderlan Sousa disse...

OLa amigo, muito bem, gostei do seu blog, tem um otimo conteudo, vamos fazer partcerias, caso queira entre em contato.... Meu blog e http://garagem-jovem.blogspot.com

Anônimo disse...

Paz Bibi... Bom tema pra conversar. Mas vale salientar que o caso de Isaac foi algo específico, não é um mandamento e sim uma experiência. É bom alertar também o outro lado da moeda, afinal há pessoas que poderiam já está casadas com uma boa pessoa, mas esperam algo sobrenatural acontecer da mesma forma que aconteceu com Isaac, passando os anos e nada de casamento acontecer. Conheço muitos assim. Não devemos menosprezar as experiências pessoais, mas vale dizer que essas não devem ser regra de fé, O que dizer de 1 Corintios 7.39? Não podemos ignorar esse texto!
Parabéns pelo texto!
Deus Abençoe!

Diego Conceição