segunda-feira, 13 de julho de 2009

Violência urbana... você na mira!

"Saiam do carro! Saiam do carro! Rápido!" Frase do assaltante, apontando arma para vítima.
A paz do Senhor , queridos!
Hoje venho escrever algo que me deixou muito triste... e preocupada! Realmente vivemos dias muito difíceis, em que a violência já entrou às nossas casas.
Ontem, eu e uma amiga fomos assaltadas na frente de um prédio de outra amiga. Os assaltantes levaram o meu carro e todos os nossos pertences. A que horas isso ocorreu??? De madrugada? Meia noite? 22h? Não... Às 9h da manhã. Isso mesmo que vocês leram. NOVE HORAS DA MANHÃ! Nem de dia estamos livres de tais acontecimentos, que viraram rotina nas grandes cidades brasileiras. Não há hora propícia para tais acontecimentos, nem lugar. Bobeou, dançou!!!! Triste verdade...
Não posso deixar aqui de agradecer a Deus, porque só nos levaram os pertences. As nossas vidas foram preservadas... Nos levaram os anéis, mas ficaram nossos dedos... Isso é o que realmente importa, não é? Eles poderiam ter nos levado no carro, poderiam ter feito coisas horrendas, como vemos noticiar quase todos os dias nos telejornais. Mas não o fizeram, e isso pra mim já é uma grande vitória. O resto, com o tempo recuperamos. A vida é sempre o mais importante.
Ao final do dia, falando com um amigo pelo msn, vi sua mensagem de exibição. "Há pessoas que nos roubam. Há outras que nos devolvem". Fomos roubadas... nos tornamos vulneráveis nas mãos de homens que intentaram o mal. Entretanto, nunca recebemos tantas manifestações de carinho de amigos, familiares e pessoas próximas. Muitas coisas ruins tem acontecido, mas ainda existem pessoas íntegras e de bem. Uso esse meio de comunicação para agradecer a todos vocês, pelo cuidado e preocupação. Obrigada, de coração!
Não vou aqui fazer um discurso acerca dos "porquês" sobre a violência urbana... isso aí dá pano pra manga. Só tinha a intenção de fazer um desabafo... Desabafo de alguém que descobriu a duras penas que não podemos viver na ingenuidade. Somos obrigados a viver de olhos bem abertos.
Abraços a todos!

*************************************************

Mais uma reflexão. Eu havia escrito essa mensagem antes do almoço, mas agora tenho algo mais a partilhar. Sabe, essas coisas acontecem por um propósito que não entendemos. Confesso que não entendo por que precisaria passar por algo do tipo, sabe? Sou psicóloga, e talvez uma situação como essa me faça entender melhor pacientes que sofrem de TEPT (transtorno do estresse pós-traumático)... talvez seja para que eu aprenda a ter compaixão de pessoas completamente perdidas como aqueles jovens, até para aprender a amar os meus inimigos. Não vou ser hipócrita aqui dizendo que morro de pena deles... sinto uma ponta de raiva sim, mas peço a Deus que transforme o meu coração e que me ensine a amar QUALQUER pessoa, seja boa ou ruim... seja uma amiga em potencial, seja minha inimiga. Eu ainda não sei fazer isso, mas preciso aprender, pois só assim conseguirei fazer diferença. Em Mateus 5, vemos parte do Sermão da Montanha, que Jesus fez - ensinando tanto sobre o verdadeiro amor. Leia abaixo parte da descrição:

"Vocês ouviram o que foi dito: 'Ame os seus amigos e odeie os seus inimigos'. Mas eu lhes digo: amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês, para que vocês se tornem filhos do Pai de vocês, que está no céu. Porque ele faz com que o sol brilhe sobre os bons e sobre os maus e dá chuvas tanto para os que fazem o bem como para os que fazem o mal. Se vocês amam somente aqueles que os amam, por que esperam que Deus lhe dê alguma recompensa?" Mateus 5:43-46.

Bem, aqui vemos que temos que fazer a diferença no nosso meio... e eu preciso muito desse milagre na minha vida. Abraços!

4 comentários:

Manuela disse...

o Senhor Jesus, na oração sacerdotal pede ao Pai Celestial por nós:

"Dei-lhes a tua palavra e o mundo os odiou porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo. Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal." João 17:14,15

Essa Palavra se cumpriu nesse último domingo, querida! Gloria a Deus!

O que importa é que você está bem e logo recuperará seus pertences; quanto aos infratores, o mundo tem sido e continuará sendo cruel com eles.
Que Deus nos ajude a ter compaixão dessas pessoas... Na verdade, elas são vítimas de um sistema corrompido pelo próprio pecado dos homens! Somente pelo amor ágape (exatamente no contexto da sua mensagem anterior - 10/07) alcançaremos o patamar da misericórdia em nossa vida espiritual, pois para nossa natureza carnal, é impossivel amar assim...
beijos!!!

Filho da Luz disse...

A Paz de Cristo Babi!

Realmente podemos enxergar como o mundo está totalmente mergulhado no pecado como nos ensina as Sagradas Escrituras.

Louvamos ao Pai da eternidade porque ele concedeu livramento aos seus servos! Entraram no vale da sombra da morte, mas foram preservados por bondade divina. (Sl: 91)

Amiga que o Deus te toda consolação te fortaleça nesses momentos de tribulação (II Coríntios 1:3)

Deus te Abençoe

Emille e Síbel disse...

barbarela!! fiquei estarrecido ao ler seu post, naum sabia de nada e meu coração apertaou só de imaginar a cena e nossas reações numa hora como essa! que bom que Deus te preservou e sua amiga!! te amamos muiiiiito

Danilo Fernandes disse...

Ola Babi.

Em relação a esta questão que tanto nos aflige, me integro com a abordagem do Rio de Paz, onde me envolvo muito.

Falta amor cristão na questão social, no sistema prisional, na policia, no governo... Todos devem ser impactados com ações de carater cristão. Um choque na cultura!

Aproveitando, faço uma apresentação do meu blog, o Genizah. Por lá, procuramos apresentar e defender O evangelho puro e sem mistura, mas cheio do AMOR que o nosso Pai nos deixou.

Na maior parte do tempo fazemos isto com muito humor e bom gosto, afinal a alegria é a marca do cristão verdadeiro!

E quando se trata de denunciar os vendilhões da fé, pegamos com força e esculhambamos mesmo, afinal, um pouco se subversão santa é sempre bom e nos lembra de onde viemos!

Vamos te seguir!

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/