quinta-feira, 16 de junho de 2011

Você se vê como Deus te vê?

A graça e a paz do Senhor seja com vocês
Essa semana gostaria de lhes falar sobre uma pregação de Joyce Meyer que ouvi essa semana. Ela nos falou sobre a importância de amar a nossa vida e de como termos uma auto-estima elevada. Quantos de nós já não reclamamos com Deus por não acharmos nossa vida especial? Quantos não minimizamos o valor de quem somos ou da nossa vida, porque não vivemos algo que julgamos ser extraordinário? Será que precisamos viver algo "sobrenatural" a todo instante para que nossa vida seja excitante? Durante muitos anos da minha vida vivi assim. Era como se a minha vida fosse "sem graça" e mesmo que eu tivesse talentos e nada me faltasse, era como se fosse insuficiente pra mim. Eu simplesmente gostaria que minha vida tivesse um quê de especial. Não sabia eu que só em viver e viver para Cristo já era algo muito especial, mas ainda não tinha descoberto isso. Eu julgava que uma vida extraordinária era ter sucesso, obter reconhecimento, chamar a atenção das pessoas... Enfim, ser especial e ser exaltado por isso. Sofri muito porque queria isso na minha vida, e embora fosse aceita e elogiada, ainda não era suficiente. Bem, graças a Deus compreendi que não é isso que faz com que minha existência aqui nesse mundo seja algo sublime. Não podemos reclamar da nossa vida por ela não ser "extraordinária", por não ser uma sucessão de fatos super hiper mega emocionantes. Nós é que precisamos estar motivados por quem nós somos e por vivermos para a glória de Deus. Se assim o fazemos, as mínimas coisas, mesmo que para os outros sejam insignificantes, serão de muitíssimo valor, principalmente para Deus, pois para isso Ele nos criou. Não importa se você é uma dona-de-casa, com o ofício de cuidar dos filhos e esposo, ou se é um pai de família que todos os dias trabalha no seu cantinho no escritório, quase que imperceptível às pessoas. DEUS TE VÊ! E você é especial para Ele, desempenhando exatamente o que está fazendo... O que realmente importa é que você se sinta realizado com o que faz e que sinta que o faz para a glória de Deus. O que você tem feito hoje tem sido para você e Deus ou para agradar os outros? Quando você descobre quem é no Senhor, percebe o quanto tem valor no Reino e o quanto é um ser diferenciado para Ele.
Queria encerrar o post de hoje com uma frase de Joyce: "It´s foolish not to enjoy yourself while God is changing you and it´s foolish not to enjoy other people that God has placed in your life while God is changing them". Ela disse: "É besteira não se curtir enquanto Deus está transformando você e também quando não curte outras pessoas que Deus colocou em sua vida enquando Ele as está transformando"... Por que temos a mania de só valorizarmos as coisas quando elas chegam ao fim? Por que não as valorizarmos enquanto estamos no meio do processo? Deus nos valoriza antes, durante e depois e creio que é assim que Ele quer que façamos conosco e com as pessoas que estão ao nosso redor.
Um beijo no coração de todos! Até o próximo post

Um comentário:

assembleiabelem disse...

Precisando de uma mensagem de consolo, então acesse o nosso site, e assista nossas mensagens, Sempre Deus tem uma mensagem para você nas horas dificeis, além das radios e musicas solo instrumemtais e muito mais

http://www.assembleiabelem.br22.com/